<
>

Hulk reclama de vaias após derrota do Atlético-MG para o Tolima na Libertadores: 'Achei desnecessário'

Atlético-MG foi derrotado por 2 a 1 para o Tolima, nesta quarta-feira (25), e torcida vaiou no Mineirão


Após a derrota por 2 a 1 para o Tolima, nesta quarta-feira (25), pela Conmebol Libertadores, a torcida do Atlético-MG demonstrou sua insatisfação no Mineirão e vaiou a equipe alvinegra.

Em entrevista logo depois do apito final, o atacante Hulk reconheceu que o Galo errou ao levar dois gols de contra-ataque da equipe colombiana, mas reclamou das vaias.

"Questão de perder ou ganhar faz parte do futebol. A gente entra em campo para dar nosso melhor. Como falo, a gente nem sempre vai ser feliz ou tomar as melhores decisões. Nem sempre vamos ganhar, vamos perder e empatar também, faz parte. O importante é manter o foco e a cabeça erguida", começou por afirmar.

"A gente sabia que o Tolima gosta muito de contra-ataques, e, infelizmente, tomamos gols de contra-ataques. Erramos. Só acho desnecessária a questão da vaia, porque quem estava presente viu que a equipe se dedicou ao máximo e buscou fazer tudo para alcançar a vitória", argumentou.

"Infelizmente, não conseguimos ganhar. Agora, temos que levantar a cabeça. Temos muitos jogos pela frente e é importante manter o foco", concluiu.

Com o revés desta quarta, acaba a incrível série de 18 jogos de invencibilidade do Galo na Libertadores, que era a maior da história.

Apesar da derrota, a equipe alvinegra avançou às oitavas na 1ª colocação de sua chave, pelo fato de ter saldo de gols superior ao do Tolima.