<
>

Ex-Barcelona revela ter recebido consultas de Flamengo, Atlético-MG e mais dois clubes da Série A e diz por que não acertou com nenhuma equipe brasileira

O zagueiro Marlon, de 26 anos, falou em entrevista ao 'Fora de Jogo Podcast'


Por conta da guerra envolvendo Ucrânia e Rússia, muitos atletas brasileiros tiveram o aval para romperem os contratos com os clubes dos dois países. Alguns brasileiros optaram por retornar ao Brasil, outros receberam sondagens, sendo o caso de Marlon.

Em entrevista ao 'Fora de Jogo Podcast', o ex-zagueiro de Fluminense e Barcelona abriu o jogo sobre as consultas feitas por Flamengo , Internacional e Atlético-MG. Além deles, o Tricolor das Laranjeiras e o Sporting também o procuraram.

"Assim que eu cheguei da guerra, três times brasileiros fizeram consulta com o meu empresário, logo de primeira, que foram Internacional, Atlético-MG e Flamengo. Depois de um tempo, apareceu o Fluminense, o Sporting, mas estou treinando, mantendo a forma, até pra quando me reapresentar para a pré-temporada, não estar mal fisicamente", começou por afirmar, antes de revelar os motivos de não ter acertado com nenhum dos times e optado por seguir no Shakhtar.

"Por estar voltando de uma guerra, eu optei em ficar mais próximo da família. Fiquei seis anos sem esse convívio próximo e então, hoje em dia, eu estou aproveitando cada segundo com eles como sem fosse o último", completou.

Revelado nas categorias de base do Fluminense, Marlon foi vendido pelo clube carioca ao Barcelona em 2016 e permaneceu no Camp Nou até 2017. Em seguida, foi emprestado ao Nice. Da França, foi negociado com o Sassuolo. O jogador de 26 anos chegou à Ucânia no início da atual temporada.