<
>

Abel diz por que Palmeiras 'atropelou' no grupo da Libertadores e garante que campanha não tira pés do chão: 'Não é isso que dá títulos'

Alviverde terminou com a melhor campanha e ataque da história na fase de grupos da Conmebol Libertadores


Nesta terça-feira (24), o Palmeiras goleou o Deportivo Táchira por 4 a 1, no Allianz Parque, e terminou com a melhor campanha e ataque da história da fase de grupos da Conmebol Libertadores. Os recordes, porém, não fazem o Alviverde tirar os pés do chão na competição continental, como garantiu o técnico Abel Ferreira após a vitória.

Durante a entrevista coletiva, o técnico português foi questionado sobre a sequência de recordes que o Verdão vem 'empilhando' nos últimos anos e que, como consequência, vêm trazendo mais e mais título à sala de troféus do clube, mas garantiu que continua pensando igual: são apenas números.

"Eu continuo pensando da mesma maneira. Não mudo em nada em função do que aconteceu, isso é consequência do trabalho deles (jogadores). Trabalho, ambição, não estar satisfeito com o que têm... esta equipe é mais ou menos a mesma de quando cheguei aqui. Portanto, é fruto e consequência do trabalho duro, disciplina, organização, ambição, de muita gente que trabalha dentro do clube, que você não sabem, não veem, nós que estamos lá que sabemos. Mas são números, não é isso que nos dá títulos, e nós vivemos de títulos", começou por dizer.

"Números são consequência e temos objetivos muito claros, definidos e é para isso que trabalhamos diariamente. Estes dados são consequência do que nós fazemos. Eu em nenhum jogo disse 'temos que bater este recorde ou aquele'. A única coisa que eu lhes peço é que cada um que entre dentro de campo dê o melhor de si, mais o que entram a seguir. É só isso que peço, não peço absolutamente mais nada", prosseguiu.

Abel ainda foi questionado sobre o motivo de o Palmeiras ter 'atropelado' os seus adversários no grupo A da Libertadores, com quatro goleadas nos seis jogos que disputou, e foi sincero ao justificar.

"Éramos claramente melhores, acho que foi por isso. Éramos muito melhores do que os nossos adversários, na minha opinião foi isso que aconteceu. Éramos muito melhores do que os nossos adversários", finalizou.

O Palmeiras terminou a fase de grupos com 18 pontos, com 100% de aproveitamento, 25 gols marcados e apenas três sofridos. Desta forma, a equipe ainda confirmou a melhor campanha geral da atua edição e, na próxima sexta-feira (27), a partir das 13h, com transmissão ao vivo pela ESPN no Star+ e no Youtube oficial da ESPN Brasil, conhece o seu adversário das oitavas de final.