<
>

Calleri atinge meta, e São Paulo vai contratar argentino em definitivo; veja detalhes

play
Corinthians x São Paulo: árbitro registra cantos homofóbicos na súmula do clássico paulista; veja o momento (0:53)

Alvinegro e o Tricolor empataram em 1 a 1 na Neo Química Arena (0:53)

Centroavante tem sido o grande nome do São Paulo na temporada 2022 e deverá permanecer em definitivo no Morumbi


Principal nome do São Paulo na temporada 2022, Jonathan Calleri deverá permanecer em defintivo no Morumbi para o futuro. De acordo com informações apuradas por André Plihal, apresentador dos canais Disney, o clube comunicará o Deportivo Maldonado, do Uruguai, a respeito da compra do atleta.

O time brasileiro seria obrigado a adquirir Calleri em definitivo quando o centroavante atingisse uma meta de disputar 90 minutos em 30 partidas ou 2.700 minutos distribuídos ao longo das partidas.

A meta foi atingida no empate por 1 a 1 contra o Corinthians, no último domingo (22), na Neo Química Arena. Ainda de acordo com o apresentador, a forma de pagamento da compra também estava estipulada previamente. O acordo entre as partes será de três anos.

O São Paulo pagará 1 milhão de dólares, cerca de R$ 4,8 milhões, por ano até 2025, o que totalizará um valor de 3 milhões de dólares, algo em torno de R$ 14,4 milhões. O clube brasileiro ficará com 100% dos direitos federativos e 70% dos direitos econômicos. O anúncio oficial acontecerá entre quinta e sexta-feira (27).

play
0:53

Corinthians x São Paulo: árbitro registra cantos homofóbicos na súmula do clássico paulista; veja o momento

Alvinegro e o Tricolor empataram em 1 a 1 na Neo Química Arena

Desde que deixou o Osasuna e retornou ao São Paulo, Calleri tem 42 partidas e 20 gols marcados. Neste ano, o argentino é o artilheiro isolado da equipe com 15 gols marcados em 26 confrontos.

Classificado para a próxima fase da Conmebol Sul-Americana e no terceiro lugar do Campeonato Brasileiro, o São Paulo retorna a campo nesta quarta-feira (25), diante do Ayacucho, do Peru, pela competição continental, às 19h15, no Morumbi.