<
>

Suárez revela que não ouviu 'nada' de Simeone sobre Atlético de Madrid e diz quem o avisou sobre despedida: 'Não sabia'

Depois de sair do Atlético de Madrid ao final de seu contrato, Suárez revelou bastidores com Diego Simeone na saída


A temporada europeia acabou nas principais ligas do Velho Continente e a janela de transferências ganha o noticiário por lá. Um dos grandes nomes livres no mercado é Luís Suárez, que deixou o Atlético de Madrid e pode assinar com qualquer clube.

A saída, porém, não estava bem nos planos do Pistolero. Em entrevista à rádio Cadena SER, o atacante disse que gostaria de ter mais um ano atuando pelo Atleti.

“Sim, eu teria gostado, sim. Eu estava encantado. Estava cumprindo um papel ao qual não estava acostumado e aceitando-o bem. Conseguia continuar cumprindo o que o treinador pedia, mas não se deu a oportunidade”, disse.

Suárez ainda disse que foi pego de surpresa com a notícia de que estaria se despedindo do clube. “(Risos) Não sei se você sabe, parece que você perguntou de propósito... Rafa Alique (diretor de comunicação do Atlético) me disse um dia antes da minha despedida que não iam renovar. Não sabia nada”.

“Tenho 35 anos e também estava pensando no meu futuro. Tivemos uma reunião com o clube em dezembro, combinamos de conversar em fevereiro, e Alique me disse que iam me despedir e eu disse: 'Bom, pelo menos alguém do clube me diz alguma coisa'. Ele também estava supostamente surpreso”, lembrou.

Segundo Luis Suárez, nem mesmo o técnico Diego Simeone lhe falou alguma coisa sobre sua saída: ‘Não, nada’, respondeu o atacante uruguaio.