<
>

Salah, ex-xodó de Jorge Jesus e três alvos do Barcelona: jornal elege atacantes para o Real Madrid após 'fico' de Mbappé no PSG

Sem contar com Kylian Mbappé para a próxima temporada, Real Madrid avalia o mercado e pode ir atrás de outras opções


O Real Madrid está de volta à estaca zero. Neste final de semana, o clube espanhol foi surpreendido com a decisão de Kylian Mbappé por optar pela renovação de contrato com o Paris Saint-Germain até 2025 ao invés de aceitar uma oferta do time merengue.

A partir de agora, o clube mira novas opções e pensa em como agir no mercado de transferências. De acordo com informações do AS, existem dois caminhos para o Real tomar a partir de agora: o de valorizar nomes que estão no clube ou de ir atrás de nomes mais viáveis neste mercado de transferências.

A publicação elaborou uma lista com possíveis nomes que poderiam se encaixar na equipe espanhola nos próximos meses. As opções são diversas e contam com estrelas como Robert Lewandowski, que pode deixar o Bayern de Munique e é a primeira opção do Barcelona para o futuro próximo.

Mohamed Salah e Sadio Mané, ambos do Liverpool, em reta final de contrato e que também são alvos dos catalães para 2022/23. Ambos têm vínculo apenas até o final da temporada 2022/23. Com isso, os dois craques poderiam deixar os Reds de graça ao assinarem um pré-contrato com qualquer equipe a partir de dezembro deste ano.

Além deles, a lista do AS contempla nomes como Darwin Núñez, grande sonho de Jorge Jesus na época que o ex-Flamengo estava no Benfica. Contratado em setembro de 2020 pelos portugueses, o atacante foi a aquisição mais cara da história das ‘Águias’: 24 milhões de euros, cerca de R$ 153 milhões.

Outro apontado como um futuro nome a ser buscado pelo Real Madrid é Rafael Leão, do Milan. Uma das principais peças responsáveis por encerrar um jejum de 12 anos da equipe sem títulos do Campeonato Italiano é apontada como um grande reforço aos espanhóis. No entanto, a publicação aponta que o preço pode ser o ‘calcanhar de Aquiles’ desta negociação.

A multa rescisória do atleta com o Milan é apontada em 100 milhões de euros, cerca de R$ 512 milhões. É válido ressaltar que o Real Madrid ainda não abriu negociação com nenhum outro atacante, mas estuda o mercado em busca de um substituto para a vaga que Mbappé ocuparia.

Além de não contar com o francês, o Real também não terá Gareth Bale, que deixará o clube em definitivo. O AS aponta que o time merengue poderá olhar o cenário como ‘o copo meio cheio’, uma vez que poderá dar mais oportunidades aos mais jovens do setor, como o brasileiro Rodrygo.