<
>

Calleri diz que São Paulo 'amassou' Corinthians no 1º tempo e reclama de pênalti: 'É futebol, não é vôlei'

São Paulo abriu o placar no primeiro tempo, mas sofreu empate no clássico contra o Corinthians pelo Brasileirão


O São Paulo não conseguiu quebrar o tabu em Itaquera. Neste domingo, o time tricolor levou o empate do Corinthians no segundo tempo e segue sem vencer na Neo Química Arena. Após a partida, Calleri falou sobre o resultado e lamentou as chances perdidas.

"O time está cada vez melhor. Acho que, no primeiro tempo, jogamos muito bem. Amassamos os caras. Tivemos três ou quatro chances claras de gol”, declarou.

“No segundo tempo, mudamos, e eles mudaram também. Jogaram 10 ou 15 metros mais para cima. Eles tiveram a bola no segundo tempo. Se fizéssemos mais de um gol no primeiro tempo, poderíamos ter matado o jogo”, completou.

Para o autor do gol tricolor, a primeira etapa poderia ter um placar mais elástico se o árbitro tivesse assinalado pênalti de Renato Augusto. Em lance dentro da área, o meio-campista tocou com as duas mãos na bola.

"Pênalti claro. Renato é um craque, mas pega na bola com as duas mãos. É futebol, não é vôlei. Não foi pênalti não sei como", reclamou Calleri.

O São Paulo volta a campo na quarta-feira (25), às 19h15 (de Brasília), contra o Ayacucho-PER, pela Copa Sul-Americana.