<
>

Na despedida da temporada, Barcelona é surpreendido no Camp Nou pelo Villarreal, que garantiu vaga na Conferece League

O Barcelona foi surpreendido em casa em sua última partida da temporada pelo Villarreal


Fechando esta temporada de LaLiga, o Barcelona recebeu o Villarreal no Camp Nou neste domingo (22) pela última rodada da competição nacional. Com falha de Adama e gols de Pedraza e Moi Gómez, o Submarino Amarelo venceu por 2 a 0.

No primeiro tempo da partida, o Barcelona teve amplo domínio de ações. Mas, aos 40 minutos, Pedraza recebeu belo lançamento de Dani Parejo na medida, tocou para o gol na saída de Ter Stegen e fez 1 a 0.

Aos 9 minutos da segunda etapa, Adama Traoré cometeu falha bizarra ao tentar cortar bola na defesa, a dando nos pés de Moi Gómez, que só teve o trabalho de empurrar para as redes.

Situação do campeonato

Antes mesmo do final da rodada, o Barcelona já estava garantido na segunda posição do campeonato, seguindo com os mesmos 73 pontos. O Villarreal, por sua vez, chegou a 59 e carimbou lugar na próxima Conference League.

Melhores momentos

Quem não faz...

Durante todo o primeiro tempo, o Barcelona teve domínio da partida, com 63% da posse de bola e nove finalizações contra somente duas do Villarreal. Na única chance clara que deu ao Submarino Amarelo, porém, o gol da partida.

Despedida amarga para Adama

Emprestado pelo Wolverhampton no meio da temporada, Adama Traoré não deve permanecer para a próxima temporada. Em sua despedida do clube, o atacante ainda cometeu falha bizarra que originou o segundo gol adversário.

Precisão no chute

O Villarreal venceu por 2 a 0, mas teve poucas chances criadas. Ao todo, o time teve três finalizações na partida, com somente uma não entrando.

Ficha técnica

Barcelona 0 x 2 Villarreal

GOLS: Pedraza e Moi Gómez (VIL)

BARCELONA: Ter Stegen; Dani Alves (Mingueza), Araújo, Lenglet e Alba; Frenkie de Jong, Busquets e Gavi (Riqui Puig); Adama Traoré (Dembélé), Aubameyang (Ansu Fati) e Ferran Torres (Memphis). Técnico: Xavi Hernández

VILLARREAL: Rulli; Gaspar (Jackson), Albiol, Pau Torres e Pedraza (Peña); Moi Gómez (Chuckwueze), Capoue, Parejo e Trigueros (Aurier); Lo Celso e Alcácer (Estupiñan). Técnico: Unai Emery