<
>

Pode incomodar o Palmeiras? Abel Ferreira aponta equipe pouco falada que pode surpreender no Brasileirão

Após vitória sobre o Juventude, no Alfredo Jaconi, na Serra Gaúcha, o técnico do Palmeiras citou o Botafogo como uma das possíveis 'surpresas' do Brasileirão 2022


Neste sábado (21), o Palmeiras derrotou o Juventude por 3 a 0, no Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS), e somou a segunda vitória seguida no Campeonato Brasileiro, dormindo na vice-liderança na tabela. Após a partida, o técnico Abel Ferreira comentou sobre a briga pelo título e surpreendeu ao citar um dos clubes que, na sua opinião, é pouco comentado, mas brigará na parte de cima da classificação, trazendo dificuldades aos adversários.

Segundo o técnico português, ainda é cedo para fazer qualquer tipo de conclusão sobre a briga pelo título do Brasileirão, já que somente sete rodadas foram disputadas, mas se tratando de calendário e calendário, um dos rivais do Alviverde que pode angariar resultados positivos, e com isso estar entre os primeiros na tabela, é o Botafogo.

"Eu queria que vocês entendessem, eu tento me esforçar para explicar o meu ponto de vista, a minha opinião. 'Vai ganhar este, vai ganhar aquele, agora estão três em primeiro'...eu também entendo isso, faz parte do espetáculo. Mas nós que estamos aqui, que vivemos e sentimos, sabemos que isto é uma maratona. Eu olho agora para a tabela, o que que vale? Nada, porque ela não vai fechar agora. É jogo a jogo. Claro que a nossa intenção é lutar pelo título. Acho que ninguém está contando com o Botafogo, mas é uma equipe que tem tempo para treinar, espaço, bons jogadores, bom treinador. Isso, acho que vai ter um peso muito grande naquilo que será o resultado final, quase todas as outras equipes estão nas outras competições, na Sul-Americana ou na Libertadores", começou por dizer.

"É uma equipe que vai dar muito trabalho também, que vai entrar ali, não se assumiu, mas vai andar ali porque vai ter tempo para descansar, trabalhar e preparar o seu elenco. Depois têm as tradicionais, o São Paulo está muito bem, o Corinthians também está bem, o Flamengo, quantos pontos de diferença? 6 pontos? Recupera-se rápido. É um gigante que, em qualquer momento, aparece ali, como nós também estivemos atrás. Temos que continuar o nosso caminho, queremos a cada jogo ganhar, mas também já empatamos", prosseguiu.

"Queremos juntar pontos e, sobretudo, ter exibições consistentes em todos os momentos, quer atacando, defendendo, nas bolas paradas defensivas, ofensivas, nas transições defesa/ataque. Digo isto muito aos jogadores: o talento é o que nos traz aqui. O talento é o que nos traz ao Palmeiras, clube top. O esforço diário e a consistência é o que nos mantém aqui. Depois, cada um tem que fazer acontecer. Eu faço a minha parte, e os jogadores fazem a deles, os 30% são meus, e os 70% que são os deles. A minha função é desafiá-los para que eles queiram ser melhores todos os dias", finalizou.

Ao contrário do Palmeiras, o Botafogo também foi a campo neste sábado como visitante pelo Brasileirão, mas empatou por 1 a 1 com o América-MG, na Arena Independência, em Belo Horizonte. Os cariocas, por sua vez, também têm 12 pontos, mesma pontuação do Alviverde, e neste momento abrem o G-4.

Na próxima terça-feira (24), a partir das 21h30, o Palmeiras, já classificado para o mata-mata da Conmebol Libertadores, encerra a sua participação na fase de grupos contra o Deportivo Táchira-VEN, no Allianz Parque.