<
>

A caminho do Real Madrid, Rudiger explica saída do Chelsea e manda recado

Zagueiro foi contratado pelo Chelsea em 2017 e deixará o clube sem custos nesta temporada


Rüdiger explicou por que deixará o Chelsea no próximo mês de graça para assinar contrato com o Real Madrid. O alemão acredita que após os problemas administrativos nos Blues, que culminaram com a saída do antigo dono, Roman, Abramovich, a renovação ficou impossível.

"Infelizmente, minhas negociações de contrato já começaram a ficar complicadas no outono passado. Negócios são negócios, mas quando você não tem notícias do clube de agosto a janeiro, a situação se complica..." explicou Rüdiger ao "The Players Tribune".

Após a guerra da Rússia contra o Ucrânia, em fevereiro deste ano, Abramovich sofreu uma série de sanções econômicas no Reino Unido, que praticamente inviabilizaram a sua permanência no Chelsea.

"Depois da primeira oferta, houve um longo intervalo de quase nada. Não somos robôs, sabe? Você não pode esperar meses com tanta incerteza sobre o seu futuro. Obviamente, ninguém viu as sanções chegando, mas no final, outros grandes clubes mostraram interesse e eu tive que tomar uma decisão", acrescentou o zagueiro.

"Deixo assim, porque além dos negócios, não tenho nada de ruim a dizer sobre este clube", diz o alemão.

Rüdiger chegou ao Chelsea da Roma em 2017, tendo disputado 201 partidas pelo clube, com 12 gols marcados. Conquistou uma Champions League, uma Europa League, uma FA Cup, um Mundial de Clubes e uma Supercopa da Uefa.