<
>

City se isola como segundo maior vencedor da 'era' Premier League, mas segue longe do top 3 de campeões ingleses

Conquista de agora põe o City à frente do Chelsea como principal perseguidor do United desde a criação da liga, em 1992


O Manchester City é, de novo, campeão inglês. Assim como aconteceu outras três vezes nos últimos quatro anos, o time de Pep Guardiola ficou com o troféu mais cobiçado da Inglaterra e se isolou como segundo com mais títulos na 'era' Premier League.

Até este domingo (22), o City estava empatado com o Chelsea, com cinco troféus cada. O time de Londres venceu em 2004/05, 2005/06, 2009/10, 2014/15 e 2016/17, enquanto o City foi campeão em 2011/12, 2013/14, 2017/18, 2018/19, 2020/21 e agora, em 2021/22.

A atual conquista é, portanto, a sexta do City na 'era' Premier League, que começou em 1992. O maior campeão segue sendo, de longe, o Manchester United, com os 13 troféus ganhos, todos com Alex Ferguson: 1992/93, 1993/94, 1995/96, 1996/97, 1998/99, 1999/2000, 2000/01, 2002/03, 2006/07, 2007/08, 2008/09, 2010/11 e 2012/13.

Mas nem mesmo os tantos títulos nos últimos anos fazem do City um dos maiores campeões ingleses em todos os tempos. Isto porque outros clubes mais tradicionais e vencedores no passado seguem com boa vantagem sobre os azuis de Manchester.

Em toda a história do futebol inglês, o United detém 20 títulos, o Liverpool segue logo atrás, com 19, ainda que tenha passado três décadas sem levantar o caneco mais importante do país.

Quem completa o pódio é o Arsenal, campeão 13 vezes, a última há 18 temporadas, em 2003/04. Everton, com 9 títulos, sendo o mais recente em 1986/87, vem na sequência, seguido do Manchester City. Agora, o time de Guardiola tem 8 conquistas, somando as de 1936/37 e 1967/68.

Atrás dos cinco clubes citados aparecem, pela ordem: Aston Villa (7), Sunderland e Chelsea (6 cada) e Newcastle e Sheffield Wednesday (4 cada).