<
>

Landim é cobrado no Flamengo por silêncio em momentos de tensão; Paulo Sousa, Braz e Spindel vão falar após jogo contra o Goiás, diz site

Após novos capítulos da crise nos bastidores do Flamengo, entrevista foi marcada para o final de semana


O Flamengo já tem data para uma posição oficial sobre a mais recente crise surgida nos bastidores do clube. Após o jogo contra o Goiás, no próximo sábado (21), no Maracanã, Marcos Braz, Bruno Spindel e Paulo Sousa concederão entrevista.

Na entrevista, é esperado que se fale, entre outras coisas, sobre a polêmica envolvendo o treinador e o goleiro Diego Alves, criada após declaração do português depois da vitória sobre a Universidad Católica.

Um fator que gera incômodo dentro do clube, porém, é o silêncio de Rodolfo Landim com toda a situação. Segundo o site ge, figuras importantes do clube querem que o mandatário se posicione.

Marcos Braz é outro nome que recebe cobranças por conta de seu silêncio. O vice de futebol não esteve presente na reunião desta quinta-feira (19) entre Spindel, Paulo Sousa, Diego Alves e o médico Marcio Tannure. O fato de estar na coletiva, porém, aliviou a barra do dirigente.

Diego Alves, com o apoio de lideranças do grupo, gostaria de uma retratação pública antes do jogo de sábado, mas isso não acontecerá.

O clima para Paulo Sousa, porém, ficou ainda pior dentro do clube, com conselheiros pedindo a cabeça do treinador, enquanto Rodolfo Landim segue mantendo seu apoio ao treinador português.