<
>

Ceni defende 100% contra o Corinthians e busca o que ninguém fez pelo São Paulo: vencer em Itaquera

Treinador são-paulino venceu os três clássicos contra o rival desde que reassumiu o clube, em 2021, e vai se isolar como comandante que mais enfrentou o Corinthians na Neo Química Arena


Duas escritas estarão em jogo para Rogério Ceni assim que o São Paulo subir ao gramado da Neo Química Arena para enfrentar o Corinthians, neste domingo (22), pelo Campeonato Brasileiro.

A primeira é positiva: desde que retornou ao Tricolor, o técnico ostenta 100% de aproveitamento contra o rival. São três vitórias, uma em 2021 e as outras na atual temporada, pelo Campeonato Paulista. Os três encontros foram realizados no Morumbi, onde o clube tem rendimento bem acima da média no ano.

Tamanho retrospecto positivo, porém, é brecado pelo tabu incômodo que o São Paulo tem contra si. Desde 2014, quando fez o primeiro clássico em Itaquera, o time jamais conseguiu vencer na casa corintiana: são dez derrotas e cinco empates.

E Ceni faz parte dessa história, uma vez que, neste domingo, o ídolo vai isolar como aquele que mais vezes dirigiu o Tricolor na Neo Química Arena. Em 2017, ele empatou na estreia, por 1 a 1, na semifinal do Paulistão, e depois perdeu por 3 a 2, no início do Brasileiro.

Além de Ceni, outros nove treinadores representaram o São Paulo na casa do Corinthians e jamais saíram vitoriosos. Muricy Ramalho, Edgardo Bauza, Diego Aguirre e Cuca tiveram duas chances cada um, enquanto Milton Cruz (interino), Vagner Mancini, Fernando Diniz e Hernán Crespo trabalharam uma vez na arena.

Crespo poderia ter feito o segundo jogo, mas, no Majestoso do Brasileirão de 2021, estava vetado por ter contraído COVID-19. Assim, seu auxiliar direto, Juan Branda, tornou-se o 9º comandante diferente do São Paulo na Neo Química Arena.

Os únicos a não saírem derrotados de lá foram, pela ordem: Bauza, Ceni, Aguirre, Crespo e Branda. A missão de Rogério será escrever um novo capítulo para essa história e tentar, em seu terceiro Majestoso na casa alvinegra, ser o primeiro a levar o São Paulo à vitória.

Uma vitória que, se acontecer, colocará o Tricolor na liderança do campeonato. São 11 pontos para o clube do Morumbi, contra 13 do Corinthians, que iniciou a rodada em primeiro lugar.

Relembre os clássicos e os técnicos do São Paulo na Arena do Corinthians:

2014 - Corinthians 3 x 2 São Paulo - Muricy Ramalho

2015 - Corinthians 2 x 0 São Paulo - Muricy Ramalho

2015 - Corinthians 6 x 1 São Paulo - Milton Cruz (interino)

2016 - Corinthians 2 x 0 São Paulo - Edgardo Bauza

2016 - Corinthians 1 x 1 São Paulo - Edgardo Bauza

2017 - Corinthians 1 x 1 São Paulo - Rogério Ceni

2017 - Corinthians 3 x 2 São Paulo - Rogério Ceni

2018 - Corinthians 1 x 0 São Paulo - Diego Aguirre

2018 - Corinthians 1 x 1 São Paulo - Diego Aguirre

2019 - Corinthians 2 x 1 São Paulo - Vagner Mancini

2019 - Corinthians 2 x 1 São Paulo - Cuca

2019 - Corinthians 1 x 0 São Paulo - Cuca

2020 - Corinthians 1 x 0 São Paulo - Fernando Diniz

2021 - Corinthians 2 x 2 São Paulo - Hernán Crespo

2021 - Corinthians 0 x 0 São Paulo - Juan Branda (auxiliar)