<
>

Após Haaland, Guardiola quer mais reforços no Manchester City e promete 'revolução' com saída de estrelas; veja

Clube inglês pode ter muitas chegadas e partidas na próxima janela de transferências europeia e renovar o elenco de Pep Guardiola


O Manchester City está confiante em fortalecer ainda mais sua equipe neste verão, apesar de já ter contratado o atacante Erling Haaland, disseram fontes à ESPN.

O City concordou em exercer a cláusula de liberação de € 60 milhões (R$ 313 milhões) do contrato de Haaland com o Borussia Dortmund e o jogador de 21 anos deve se mudar oficialmente para o Etihad Stadium em 1º de julho.

Mas fontes próximas ao clube insistem que a chegada de Haaland provavelmente não será a última da janela de transferências, com conversas em andamento sobre a possibilidade de adicionar um meio-campista e um lateral ao elenco antes da próxima temporada.

O veterano meio-campista Fernandinho já anunciou sua intenção de retornar ao Brasil no final da temporada, enquanto o lateral-esquerdo Benjamin Mendy permanece suspenso pelo clube enquanto aguarda julgamento por acusações de estupro.

Também há interesse em Oleksandr Zinchenko, que jogou predominantemente na lateral-esquerda sob o comando de Guardiola. Fontes também disseram à ESPN que o City espera que Gabriel Jesus peça permissão para deixar o clube em meio a interesses de Arsenal e Juventus e que, se isso acontecesse, o espanhol não ficaria em seu caminho.

A chegada de Haaland compensará a possível perda de Gabriel Jesus - que tem contrato até 2023 e está avaliado em mais de € 60 milhões (R$ 313 milhões) - enquanto o atacante argentino Julián Alvarez, contratado do River Plate em janeiro, será avaliado durante o verão antes de um decisão é tomada sobre se ele vai ficar com o primeiro time na próxima temporada.

Enquanto isso, o City espera que Ilkay Gundogan fique neste verão, apesar do meio-campista estar ligado a uma mudança. Fontes próximas ao clube insistem que o meio-campista não manifestou vontade de sair e a expectativa é de que o jogador de 31 anos fique pelo menos até o final de seu contrato em 2023.

Raheem Sterling também deve ficar sem contrato no final da próxima temporada, a menos que novos termos possam ser acordados para mantê-lo no Etihad.

Fontes disseram à ESPN que City e Sterling terão mais conversas sobre seu futuro no verão. O atacante inglês de 27 anos está ansioso para garantir que seja central nos planos do clube antes de se comprometer com um contrato de longo prazo. Ele tem sido associado a mudanças para Arsenal e Tottenham, mas fontes disseram à ESPN que ele estaria aberto a explorar opções para jogar no exterior se deixar o City.