<
>

Libertadores: Cuello anota gol 'antológico', Athletico-PR vence o Libertad e só depende de si para ir ao mata-mata

Na Arena da Baixada, o Athletico-PR fez o dever de casa, venceu o Libertad-PAR por 2 a 0 e só depende de si para ir às oitavas da competição continental


O Athletico-PR ganhou uma sobrevida na fase de grupos da Conmebol Libertadores. Nesta quarta-feira (18), na Arena da Baixada, pelo grupo B, o Furacão recebeu o Libertad, do Paraguai, venceu por 2 a 0 e agora só depende de si para ir às oitavas de final da competição continental.

Esta foi a segunda vitória da equipe brasileira na fase de grupos, depois de perder os dois últimos jogos e ficar de fora da zona de classificação para o mata-mata da Libertadores, inclusive na lanterna do grupo B.

Após um primeiro tempo 'tenso', em que o Athletico-PR teve chances de abrir o placar, mas não conseguiu, a etapa final foi o alento da equipe brasileira.

E tudo teve início aos 11 minutos do segundo tempo, após golaço do atacante Tomás Cuello. O argentino recebeu de Hugo Moura pela esquerda, na diagonal da área, e apesar da distância para o gol, finalizou e anotou uma pintura sobre o goleiro Martín Silva, ex-Vasco e seleção uruguaia.

No lance, não foi possível perceber se Cuello tentou cruzar ou mandar direto para o gol mesmo, porém, o importante é que o atacante conseguiu inaugurar o marcador na Arena da Baixada.

Em seguida, o Furacão ainda ampliou, com Canobbio, que recebeu passe açucarado de Terans, invadiu a área e tocou na saída de Martín Silva. 2 a 0!

Este ainda foi o primeiro gol do atacante uruguaio, contratação mais cara da história do Athletico, com a camisa do clube.

O cara: Tomás Cuello

O atacante do Furacão foi o responsável por abrir o caminho da vitória para a sua equipe. E foi graças a um golaço.

Este também foi o primeiro gol do atacante com a camisa do Athletico em 11 partidas em 2022.

Felipão reestreia na Libertadores

Bicampeão da competição continental, o técnico de 73 anos não sabia o que era disputar a Libertadores desde 2019, quando ainda estava no comando do Palmeiras. Nesta quarta, ele fez a sua reestreia, agora sob o comando do Athletico-PR.

Situação do campeonato

Com a vitória, o Athletico-PR foi a 7 pontos e ocupa a vice-liderança do grupo B da Libertadores. O Libertad, por sua vez, segue na liderança com a mesma pontuação, mas leva a melhor sobre o Furacão nos critérios de desempate e por isso permanece na ponta.

Para ir às oitavas sem precisar de outros resultados, o Athletico precisa de uma vitória em casa sobre Caracas-VEN, na próxima semana. O Libertad, que encara o The Strongest-BOL, está na mesma situação na rodada final da fase de grupos.

Se empatar, precisará torcer por um tropeço do Caracas contra o Libertad.

Próximos jogos

O Athletico-PR volta a campo no domingo (22), pelo Campeonato Brasileiro, e recebe o Avaí, a partir das 19h. Já o Libertad, no mesmo dia, a partir das 19h15, encara o Nacional-PAR, em casa, pelo Campeonato Paraguaio.

Ficha técnica

Athletico-PR 2 x 0 Libertad-PAR

GOLS: Athletico: Cuello (11' 2°T) e Canobbio (24' 2°T)

ATHLETICO-PR: Bento; Khellven, Pedro Henrique, Nicolás Hernández e Abner Vinicius; Hugo Moura, Christian (Erick), Canobbio (Pedro Rocha), Terans (Matheus Felipe) e Cuello; Pablo (Rômulo). Técnico: Luiz Felipe Scolari.

LIBERTAD: Martín Silva; Iván Piris, Bocanegra, Alexander Barboza e Samudio; Bareiro (Merlini), Diego Gómez (Caballero), Riveros (Cardozo), Bogarín (Mendieta) e Iván Franco (Roque Santa Cruz); Melgarejo. Técnico: Daniel Oscar Garnero.