<
>

Hulk é absolvido por unanimidade no STJD por lance contra o Coritiba e desabafa: 'Nunca fui desleal'

play
Hulk dá detalhes do julgamento no STJD e explica lance contra o Coritiba: 'Nunca vou ser agressivo' (2:20)

Jogador deu a declaração em entrevista coletiva nesta quarta-feira (18) (2:20)

Hulk foi absolvido de forma unânime. Caso fosse condenado, poderia pegar de 4 a 12 jogos de suspensão


Hulk foi absolvido por unanimidade nesta quarta-feira (18) em julgamento no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). O atacante do Atlético-MG havia sido denunciado pela Procuradoria do órgão por conta do chute em Willian Farias, do Coritiba, em partida do Campeonato Brasileiro. No lance, o jogador recebeu o cartão amarelo.

O craque do Galo participou do julgamento de forma virtual e foi defendido pelo advogado Theotônio Chermont. O depoimento de Hulk foi pautado por sua conduta limpa na carreira. O atleta foi julgado por 'agressão física' e afirmou que jamais tentou acertar o adversário.

"Nunca vou deixar de disputar uma bola, mas não sou desleal. Não tive intenção nenhuma de agredir. Quando a minha caneleira atingiu ele, ele caiu depois, não foi imediato."

"Para mim, um lance normal de disputa de bola. Quando tento tomar a bola do adversário, é um chute sem intensidade. Sou um atleta competitivo, disputo todas as bolas, mas nunca fui desleal. São quase 16 anos de carreira e nunca fui expulso por jogada desleal. Eu conversei com o jogador do Coritiba, ele só caiu depois do chute. Na hora que disputo a bola, a bola estava posicionada entre as pernas dele, eu tentei alcançar", completou.

O atacante havia sido enquadrado no artigo Art. 254-A, §1º, II do CBJD, que fala sobre "agressão física". Caso fosse condenado, Hulk poderia pegar de 4 a 12 jogos de pena. A decisão da Procuradoria em denunciá-lo já havia gerado polêmica. O Atlético-MG detonou a decisão e foi rebatido pelo órgão.

Hulk tem 16 gols em 18 jogos em 2022 e foi o grande nome do futebol brasileiro em 2021, ano em que ajudou o Galo a conquistar os títulos do Campeonato Mineiro, Brasileirão e Copa do Brasil.