<
>

O que Klopp chamou de 'uma das ideias mais ridículas do futebol' ao detonar a Uefa

Técnico do Liverpool criticou a Liga das Nações da Uefa, competição que classificou como 'uma das ideias mais ridículas do mundo do futebol'


No próximo dia 28 de maio, Liverpool e Real Madrid decidem a final da Champions League, no Stade de France, em Paris, e o técnico Jürgen Klopp não ficou nem um pouco satisfeito com a comercialização de ingressos para a decisão. Além dos preços elevados, o alemão também considerou pequena a quantidade de entradas colocadas à venda para as torcidas dos finalistas, que tradicionalmente ficam atrás de cada um dos gols.

Em entrevista coletiva nesta sexta-feira (13), véspera de outra final que o Liverpool está envolvido, a da Copa da Inglaterra contra o Chelsea, que acontece neste sábado (14), em Wembley, a partir das 12h45, com transmissão ao vivo pela ESPN no Star+, o comandante dos Reds revelou ter trocado mensagens com Aleksander Ceferin, presidente da Uefa, para tratar sobre a decisão da Champions. E Klopp aproveitou para criticar uma outra competição, que também é organizada pela entidade máxima do futebol europeu: a Liga das Nações.

Klopp classificou a competição entre seleções europeias como "uma das ideias mais ridículas do futebol" e justificou, lembrando da conversa que manteve com Ceferin. Segundo o alemão, ele não tinha noção de que a Uefa arrecadava tão pouco com a comercialização de ingressos para a final da Liga dos Campeões.

"Eu, obviamente, disse que deveria haver mais ingressos para os torcedores e então acho que a mesma explicação (que ele me deu), ele (também) deu publicamente", começou por dizer.

"O quê, 93% do dinheiro da Liga dos Campeões vai para os clubes e a Uefa recebe apenas alguns euros? Eu respondi e disse: 'OK, esta é uma daquelas situações em que você deve ter mais informações antes de dar respostas, mas eu não posso estar constantemente preparado para esse tipo de coisa, mas ainda tenho uma opinião", prosseguiu.

"Então está tudo bem, vou tentar esclarecer aqui que obviamente eu não sabia o suficiente sobre isso. Mas eu disse também nesta conversa, eu disse agora que ele falou comigo, que a razão pela qual eu não sou de tão bom humor quando falo da Uefa é por causa da Liga das Nações", revelou, criticando logo em seguida a competição.

"Ainda acho que é uma das ideias mais ridículas do mundo do futebol, porque agora terminamos uma temporada em que (alguns) jogadores jogaram mais de 70 jogos, facilmente, e depois vamos direto para 75, o que é muito louco e continuamos com os jogos da Nations League porque temos que jogá-los (quando) não há torneio, quem se importa se jogamos quatro, cinco ou seis jogos com as seleções", disse.

"Então essa é a razão porque eu preferiria que a Uefa recebesse mais dinheiro da final da Liga dos Campeões e expulsasse a Liga das Nações novamente. Essa seria a minha solução preferida e mais ingressos para as pessoas de qualquer maneira", finalizou.

Os ingressos para a decisão da Champions League em solo francês estão entre 70 e 690 euros (entre R$ 350 e R$ 3.400 na cotação atual). Da carga total de 20 mil ingressos, 15.600 são para os setores atrás dos gols, onde ficarão as torcidas de Liverpool e Real Madrid.