<
>

Estrela do PSG põe diretoria contra a parede e dá ultimato: 'O clube vai ter que tomar decisões'

Goleiro do PSG, Donnarumma falou em entrevista à AFP


O Paris Saint-Germain precisará tomar importantes decisões para a montagem do elenco da próxima temporada. E uma delas pode ter que passar pela meta. Donnarumma não pretende seguir a competição com Keylor Navas.

Em entrevista à AFP, o goleiro italiano, que chegou à capital francesa no início da atual temporada, colocou a diretoria do clube do Parque dos Príncipes contra a parede.

"Tenho uma excelente relação com o Keylor, somos dois bons jogadores, entendemos a situação. Foi difícil para nós dois, mas digamos que fomos bem, com todo o grupo e principalmente um com o outro. Mas acho que não deve haver alternância no próximo ano, o clube tem que tomar decisões. No entanto, vou ficar em Paris", começou por afirmar.

Com contrato até 2026, Donnarumma falou sobre a eliminação dolorosa para o Real Madrid na Champions League e revelou o desejo de conquistar o título em 2022-23.

“O gol não foi válido, mas poderíamos ter conseguido a sequência melhor. Estamos muito decepcionados, como todos os torcedores, mas temos que seguir em frente, mal podemos esperar para jogar a Liga dos Campeões novamente para tentar ganhá-la", completou.

Já campeão da Ligue 1, o PSG apenas cumpre tabela nas duas últimas rodadas. Primeiro, encara o Montpellier, fora de casa, neste sábado (14), às 16h. Depois, encerra a participação na competição enfrentando o Metz, no Parque dos Príncipes, no mesmo horário, no sábado seguinte (21). Os dois jogos terão transmissão pela ESPN no Star+.