<
>

Surpresa de Tite, Danilo mostra que lista da seleção está aberta: ele realmente tem chances de ir à Copa?

Volante do Palmeiras ganha primeira chance de atuar com Tite na seleção e entra na briga por vaga no Mundial


Entre os 27 nomes anunciados por Tite na quarta-feira (11) para os amistosos contra Japão e Coreia do Sul, no início de junho, um chamou mais atenção que todos os outros. Danilo, meio-campista do Palmeiras, foi convocado pela primeira vez para a seleção principal. Ele era um dos nomes mais pedidos pelos torcedores entre atletas que atuam no futebol brasileiro, mas o jovem de 21 anos realmente tem chances de ir à Copa do Mundo?

A lista de meio-campistas da seleção brasileira parece bem definida com Casemiro (Real Madrid), Fabinho (Liverpool), Fred (Manchester United), Bruno Guimarães (Newcastle), Lucas Paquetá (Lyon) e Philippe Coutinho (Aston Villa). No entanto, a comissão técnica trabalha com a real possibilidade de convocação de 26 atletas para o Qatar. Se isso for autorizado pela Fifa, a presença de mais um jogador para o meio-campo é praticamente certa.

Nesse cenário, porém, jogadores como Gerson (Olympique de Marselha) e Arthur (Juventus) apareciam como favoritos, seguidos de outros já lembrados por Tite como Douglas Luiz (Aston Villa) e Edenílson (Internacional). A sequência positiva de Danilo com o Palmeiras, no entanto, o possibilitou essa enorme oportunidade. A comissão técnica sempre fez questão de ressaltar as "portas abertas" para novos testes, e o palmeirense é a prova disso.

"Danilo é um jogador que a gente vem acompanhando dentro daquele rol de 50 atletas ou mais, ficando sempre na expectativa e com atenção dos novos talentos surgindo. Essa sequência de grandes jogos do Danilo nos proporcionou, jogos como a final do Mundial, final de Libertadores, jogos ao vivo, das visitas ao Palmeiras. A gente vai buscando uma série de componentes importantes que credenciam o atleta a ser convocado", garantiu Tite na coletiva de imprensa.

Internamente na seleção, Danilo é comparado a Douglas Luiz em vários aspectos. No Palmeiras, com Abel Ferreira, atua como primeiro jogador de meio-campo, com grande responsabilidade defensiva, mas sempre demonstrou enorme capacidade ofensiva também, principalmente nas finalizações e na chegada no campo de ataque. Fontes da seleção, ouvidas pela ESPN, afirmam que ele, no entanto, ainda precisa ter a "posição inicial dentro do modelo da seleção" definida.

Pela qualidade que o volante demonstra com e sem a bola, Tite e seus auxiliares entendem que ele pode fazer as funções de Casemiro/Fabinho e Fred/Bruno Guimarães – o que ocorre também com Douglas Luiz, já testado. Por isso, agora, o jogador do Palmeiras será observado de perto nos treinamentos e talvez nos amistosos, executando os movimentos exigidos pelo sistema tático da seleção brasileira.

Ainda sobre a definição de posição inicial, Gerson é outro jogador que enfrenta essa situação. A dúvida na comissão técnica, reforçada pelo posicionamento do meio-campista no Olympique, com Jorge Sampaoli, atuando bem aberto pela esquerda, é justamente sobre a posição onde pode render mais. Nas palavras de um membro da comissão para a ESPN, "sendo 8 ou 10, por dentro ou de fora para dentro".

Durante a coletiva de imprensa, Tite chegou a citar o problema físico de Fabinho como um possível motivo para a chamada de Danilo - além, é claro, do merecimento pelo nível de desempenho apresentado. À ESPN, com exclusividade, Fabio Mahseredjian afirmou que o problema do meio-campista do Liverpool não preocupa para os amistosos de junho. Na prática, a comissão técnica trabalha sempre com pelo menos três nomes por posição de linha e cinco para goleiros, pensando também em possíveis problemas que podem acontecer.

Em relação aos amistosos de junho, o cancelamento da partida contra a Argentina, após a Fifa confirmar a necessidade de realização do jogo entre as equipes pelas eliminatórias, programado agora para setembro, atrapalhou os planos de Tite. Juninho Paulista, coordenador da equipe, busca adversários para o jogo em 12 de junho, depois dos confrontos com Coreia do Sul (2 de junho) e Japão (6).

O requisito exigido pela comissão técnica foi substituir os argentinos por um adversário classificado para a Copa do Mundo. Como informado inicialmente pelo ge, a seleção de Senegal é a favorita de Tite para o terceiro amistoso desta Data Fifa. Principalmente pelo alto nível de enfrentamento oferecido, já que partidas contra os europeus se tornaram inviáveis pelo calendário da UEFA.