<
>

Justiça converte punição do Flamengo por grito homofóbico da torcida em 50 cestas básicas e absolve Fluminense de racismo em clássico

play
Haaland, que fechou com o Manchester City, já publicou vídeo treinando com a camisa do Flamengo (0:24)

Após especulações sobre todos os destinos possíveis desde que passou a se destacar, Erling Haaland foi anunciado como novo jogador do Manchester City. Ele será o 9 que Pep Guardiola tanto sonhou. (0:24)

Dupla Fla-Flu teve recursos julgados após as respectivas denúncias de homofobia e racismo em clássico do dia 6 de fevereiro, no Nilton Santos, pelo Campeonato Carioca


Em decisão tomada pelo Pleno do Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro (TJD-RJ) nesta última segunda-feira (9), Flamengo e Fluminense tiveram os seus recursos julgados após as respectivas denúnicas de homofobia e racismo, no Fla-Flu do dia 6 de fevereiro, no Estádio Nilton Santos, pelo Campeonato Carioca. Enquanto o Rubro-Negro teve sua punição convertida, o Tricolor permaneceu absolvido.

Está foi a segunda vez que os casos foram revistos pelo TJD-RJ. Anteriormente, o Flamengo foi punido com multa de R$ 20 mil, mas após o seu departamento jurídico entrar com um recurso, a equipe rubro-negra teve sua punição convertida em doação de 50 cestas básicas. Veja abaixo o anúncio do TJD-RJ:

"Foi oferecida pelo Procurador Geral a Transação penal nos termos do art. 80-A do CBJD, para a defesa do CR Flamengo determinando o pagamento de 50 (cinquenta) cestas básicas e ajuda na reunião com os principais líderes de torcidas organizadas, com o objetivo de informar acerca das sanções que podem ser impostas aos clubes por atos das torcidas. Concedida a palavra a defesa do CR Flamengo, se manifestou no sentido de aceitar a proposta da procuradoria. A transação penal foi homologada pelo Relator."

O Fluminense, por sua vez, já havia sido absolvido após a acusação de racismo feita pelo atacante Gabigol, que afirmou ter sido chamado de 'macaco' por torcedores do clube no clássico, e teve a decisão mantida por unanimidade.

O clássico em questão terminou em vitória do Fluminense por 1 a 0, após gol de Jhon Arias aos 44 minutos do segundo tempo. As duas equipes também foram rivais na decisão do estadual, e o Tricolor voltou a levar a melhor, sagrando-se campeão após jejum de 10 anos.