<
>

Sul-Americana: Cuiabá supera o Melgar, vence primeiro time estrangeiro em sua história e estreia com pé direito

Com dois gols de Elton, o Cuiabá derrotou o Melgar por 2 a 0 e estreou com vitória na Sul-Americana


O Cuiabá venceu a sua primeira partida da história contra um time estrangeiro. Nesta quinta-feira (7), o Dourado bateu o Melgar por 2 a 0, na Arena Pantanal, pela primeira rodada da fase de grupos da Copa Sul-Americana.

Elton marcou duas vezes para o clube mato-grossense, que assumiu a liderança da chave B.

O time da casa não fez um bom primeiro tempo. A equipe peruana foi melhor nos 45 minutos iniciais e criou as principais chances para abrir o placar. No entanto, pararam nas boas defesas do goleiro Walter, que salvou o Dourado. Foram cinco chutes a gol do Melgar contra nenhum dos comandados de Pintado.

O clube mato-grossense voltou melhor para o segundo tempo, fez um jogo mais equilibrado e pressionou em busca do primeiro gol. Aos 30 minutos, Elton foi derrubado na área por Ramos. Na sequência, Valdívia balançou as redes, mas o árbitro marcou pênalti para o Cuiabá. Na cobrança, o atacante perdeu, mas aproveitou o rebote para abrir o placar para o Dourado.

O segundo gol veio nos acréscimos. Elton, mais uma vez, apareceu de cabeça para sacramentar a histórica vitória do Cuiabá.

Situação do campeonato

Com o resultado, o Cuiabá soma seus primeiros 3 pontos e assume a liderança temporária do grupo B. Já o Melgar é último colocado. River Plate-URU e Racing, que completam a chave, empataram em 1 a 1.

Vale lembrar que na Sul-Americana apenas os primeiros colocados de cada grupo avançam às oitavas.

Próximos jogos

Cuiabá visita o Fortaleza no domingo (10) às 18h (de Brasília) na estreia do Campeonato Brasileiro. Depois, na quarta-feira (13), volta a campo para enfrentar o Racing às 21h30 (de Brasília). No mesmo dia, o Melgar encara o River Plate-URU, às 19h15 (de Brasília).

Ficha técnica

Cuiabá 2 x 0 Melgar

GOLS: Elton (32' do 2ºT e 49' do 2ºT)

CUIABÁ: Walter; Jean Lucas, Marllon, Empereur, Igor Cariús; Marcão Silva (Everton), Rivas (Rafael Gava), Osorio (Valdívia) e Pepê; André (Elton) e Alesson (André Luís). Técnico: Pintado

MELGAR: Cáceda; Ramos, Galeano, Luján, Reyna; Orzán, Sánchez, Arias (Joel Sánchez); Orzán (Tandazo) e Pérez Guedes; Bordacahar (Quevedo), Cuesta e Ibérico (Vidales). Técnico: Nestor Lorenzo