<
>

Leipzig, Salzburg, New York e agora Bragantino: como foi o retrospecto dos times da Red Bull em grandes torneios continentais

Equipe de Bragança Paulista faz sua estreia na fase de grupos da Conmebol Libertadores nesta quarta-feira (6), contra o Nacional-URU, no Nabi Abi Chedid


Nesta quarta-feira (6) o Red Bull Bragantino faz a sua estreia na fase de grupos da Conmebol Libertadores de 2022 e recebe o Naciona-URU, no Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, a partir das 19h. E pela primeira vez, o clube filial da empresa de energéticos austríaca Red Bull no Brasil entrará em campo pela principal competição de clubes na América do Sul.

Na última temporada, o Bragantino fez a sua estreia na Copa Sul-Americana e teve um ótimo resultado, chegando logo de cara à decisão, porém, sendo superado pelo Athletico-PR, que conquistou o bicampeonato.

Se tratando dos clubes cuja a empresa europeia é dona, está não será a primeira vez que uma de suas equipes disputará um torneio continental expressivo como a Libertadores. Leipzig (Alemanha), Salzburg (Áustria), New York (Estados Unidos) já tiveram essa experiência mais de uma vez, entre Champions League e Concachampions, e algumas delas obtiveram resultados expressivos, apesar de nunca terem levantado a taça. Veja abaixo o retrospecto de cada uma delas:

Red Bull Leipzig

Além dos resultados expressivos nas últimas temporadas do Campeonato Alemão, o Leipzig também tem sido figurinha carimbada nas edições recentes da Champions League. São quatro participações na principal competição de clubes da Europa, sendo as últimas três de maneira consecutiva (2017/18, 2019/20, 2020/21 e 2021/22). O resultado mais expressivo foi na temporada 2020/21, quando chegou até a semifinal, mas foi eliminado pelo Paris Saint-Germain, que terminou como o vice-campeão.

Red Bull Salzburg

A equipe austríaca participou da Champions League em três oportunidades (2019/20, 2020/21 e 2021/22) e teve como melhor resultado uma ida para as oitavas de final, na atual temporada. A equipe, porém, caiu para o Bayern de Munique, com direito a goleada por 7 a 1 no jogo de volta.

New York Red Bulls

A equipe norte-americana já disputou a Concachampions, principal competição das Américas do Norte e Central, em cinco oportunidades: 2010, 2015, 2017, 2018 e 2019. O melhor resultado foi em 2018, quando chegou até a semifinal.