<
>

33 seleções, 13 vagas: como ficaram disputas por um lugar na Copa do Mundo de 2022 em cada continente

Com vagas diretas e na repescagem ainda em jogo, veja a situação das eliminatórias da Copa do Mundo em cada continente


A maioria das 32 vagas para a Copa do Mundo já está preenchida. Com 19 seleções já garantidas, restam 33 países ainda em disputa nas eliminatórias. Destes, apenas 13 estarão na maior competição do futebol mundial, que acontece no Catar entre novembro e dezembro.

A seguir, o ESPN.com.br mostra como estão as disputas pelas últimas vagas na Copa do Mundo e quais seleções ainda podem se classificar, seja diretamente ou passando pela repescagem.

América do Sul

Os quatro classificados diretamente para a Copa do Mundo pela Conmebol foram definidos na última quinta-feira (24), quando Equador e Uruguai carimbaram o passaporte para o Catar, ao lado de Brasil e Argentina, classificados com antecipação.

Com isso, a briga na última rodada será por uma vaga na repescagem. Peru (21 pontos), Colômbia (20) e Chile (19) disputam na próxima terça-feira (29) a quinta posição da tabela, que garante uma vaga na repescagem para disputar a classificação à Copa do Mundo diante de uma seleção da Ásia (mais sobre isso a seguir).

Europa

Na Europa, a situação é bem simples, com três chaves definindo uma seleção classificada diretamente para a Copa do Mundo. Uma das disputas será entre Portugal e Macedônia do Norte, enquanto a outra será entre Polônia e Suécia já nesta data Fifa, na próxima terça-feira.

A outra chave, porém, vai esperar mais um pouco. Por conta do conflito armado entre Rússia e Ucrânia, a partida da seleção ucraniana contra a Escócia foi adiada para junho. Quem vencer enfrentará o País de Gales, pela terceira vaga direta no Mundial por meio da Uefa.

Ásia

Quem também já tem a maioria de seus classificados definidos é a Ásia, que já preencheu todas as quatro vagas diretas com Arábia Saudita, Coreia do Sul, Irã e Japão, e ainda terá o Catar garantido automaticamente por ser o país-sede. Agora, a disputa é por uma vaga na repescagem.

Num formato de mata-mata, a Austrália, 3ª colocada do grupo B, vai enfrentar o 3º colocado do grupo A, que pode ser Emirados Árabes Unidos, Iraque ou Líbano. O vencedor da disputa será o adversário de Peru, Colômbia ou Chile na repescagem, em confronto que valerá uma das últimas vagas no Mundial.

África

Nas eliminatórias da África, a situação é a mais simples possível: 10 seleções disputam cinco vagas diretas para a Copa do Mundo em formato de playoff, com o vencedor de cada confronto carimbando o passaporte para o Catar.

Após a rodada de ida nesta sexta-feira (25), os seguintes jogos definirão os classificados na próxima terça-feira: Nigéria x Gana, Senegal x Egito, Argélia x Camarões, Marrocos x RD Congo e Tunísia x Mali. A disputa promete emoção, já que nenhum dos confrontos tem mais de um gol de diferença.

América do Norte e América Central

As eliminatórias da Concacaf têm formato semelhante ao da Conmebol, com todos os países se enfrentando em turno e returno, os três melhores classificados de forma direta e o 4º colocado disputando a repescagem contra o vencedor das eliminatórias da Oceania.

Com duas rodadas restantes, ainda não há nenhum classificado pela Concacaf. O Canadá (25 pontos) está com a vaga encaminhada, enquanto Estados Unidos (22) e México (22) também estão perto da classificação. A tendência é que Costa Rica (19) e Panamá (18) disputem a vaga na repescagem.

Oceania

Único continente que não tem vaga direta para a Copa do Mundo, a Oceania envia um representante à repescagem para enfrentar o quarto colocado das eliminatórias da Conmebol. Como há apenas uma vaga, a disputa é realizada com fase de grupos e mata-mata, como um pequeno torneio.

As semifinais, que serão no próximo domingo (27), estão definidas. As Ilhas Salomão disputam uma vaga na final com Papua Nova Guiné, enquanto Nova Zelândia e Taiti buscam a outra classificação. O vencedor da decisão estará na repescagem.