<
>

Francês: Monaco vence o Paris Saint-Germain com atuação apática de Neymar e ausência de Messi

O Monaco venceu o Paris Saint-Germain por 3 a 0, pela 29ª rodada do Campeonato Francês, em partida no Stade Louis II


O Paris Saint-Germain voltou a dar provas de que ainda não conseguiu superar a queda nas oitavas da Champions. Em mais uma atuação apática e desinteressada, o time da capital perdeu por 3 a 0 para o Monaco, no Stade Louis II, pela 29ª rodada do Campeonato Francês. A partida contou com transmissão ao vivo pela ESPN no Star+.

Os gols dos donos da casa foram marcados por Wissam Ben Yedder (dois) e Kevin Volland, anotados nas duas etapas do confronto.

Sem Messi, que se recupera de uma gripe, e com Neymar apagado em campo (acabou substituído no segundo tempo), o PSG mostrou uma vez mais que a cabeça do elenco ainda está no 3 a 1 para o Real Madrid no Santiago Bernabéu.

Visivelmente apático em campo, o Paris Saint-Germain poderia ter visto o time da casa ter 2 a 0 no placar antes da metade da etapa inicial. Potente com os ataques de Jean Lucas, camisa 11 do time do Principado, o Mônaco teve ao menos duas chances claras com o brasileiro para passar à frente no placar.

E só não fez isso pelos problemas na finalização, e não por alguma dificuldade imposta pela defesa do PSG, que teve um começo de jogo marcado pela desatenção, principalmente com as jogadas nas costas do português Nuno Mendes.

Foi justamente pelo lado do lateral-esquerdo que o Mônaco conseguiu vencer Donnarumma.

Cruzamento preciso de Fofana para Ben Yedder, que se antecipou à marcação, ficou livre na primeira trave e desviou para o fundo das redes.

A apatia parisiense não se limitou à defesa. Sem inspiração, o ataque do PSG terminou os 45 primeiros minutos do jogo sem levar perigo ao goleiro Nübel.

Mesmo tentando mostrar alguma reação na volta do intervalo, os parisienses só conseguiram assustar nas jogadas individuais de Kylian Mbappé, que segue sendo uma ilha de criatividade no ataque da equipe.

O camisa 7 teve chance para empatar, mas viu a defesa rival tirar a bola antes de cruzar a linha de gol.

A punição para o PSG veio duríssima. Novamente com um ataque solto e sem sofrer pressão da marcado parisiense, o Mônaco trocou passes até Ben Yedder achar Aguilar na área. Foi só um tapa até a bola encontrar Volland sozinho para marcar o segundo.

Com a situação extremamente crítica, o PSG ainda viu Kimpembe cometer pênalti em Volland já na reta final da partida.

Ben Yedder se apresentou para a cobrança e marcou o terceiro dos donos da casa.

Melhores momentos

Situação no campeonato

O PSG segue isolado na liderança do Francês, estacionado nos 65 pontos. O Monaco sobe para 44 pontos, fechando a partida na 7ª posição.

O cara: Ben Yedder

Faro de gol apuradíssimo. Autor de um golaço no primeiro tempo, Ben Yedder mostra que se entende como poucos com a grande área.

Chegou ao 17° gol nesta edição do Campeonato Francês e assumiu a artilharia isolada da competição. Ainda iniciou a jogada do tento marcado por Volland e marcou de pênalti para fechar o triunfo por 3 a 0.

Foi mal: Coletivo do PSG

Desinteressado, sem poder de reação, longe de ser um time. O Paris Saint-Germain parece uma equipe perdida após a eliminação na Champions League. Burocrático e sem inspiração com a bola, desatento e displicente na marcação.

Próximos jogos

O Monaco volta a campo apenas no próximo dia 03, quando visitará o Metz. O Paris Saint-Germain encara o Lorient, no mesmo dia, no Parque dos Príncipes.

Ficha técnica

MONACO 3 X 0 PARIS SAINT-GERMAIN

GOLS: Wissam Ben Yedder (25' e 84') e e Kevin Volland (68'), para o Mônaco

Mônaco: Nübel; Aguilar, Disasi, Badiashile e Caio Henrique; Tchouameni, Fofana, Jean Lucas (Maripán), Golovin (Jakobs) e Gelson Martins (Volland); Ben Yedder (Boadu). Técnico: Philippe Clement

PSG: Donnarumma; Hakimi, Marquinhos, Kimpembe e Nuno Mendes (Diallo); Danilo Pereira, Verratti, Paredes (Gueye) e Wijnaldum (Icardi); Neymar (Dralex) e Mbappé. Técnico: Mauricio Pochettino