<
>

Em rádio, Hamilton se irrita com decisão da Fórmula 1: 'Foi manipulada'

play
Fórmula 1: Verstappen supera Hamilton e é o grande campeão! Renan do Couto analisa temporada do holandês (4:28)

Um dos melhores campeonatos da história da Fórmula 1 terminou neste domingo (12) (4:28)

Piloto britânico foi ultrapassado por Max Verstappen na última volta e viu o título mundial da Fórmula 1 ficar com o holandês


O Grande Prêmio de Abu Dhabi, que marcou o título inédito mundial de Max Verstappen, ainda dá o que falar. Isso porque Lewis Hamilton, piloto da Mercedes e que disputava a conquista com o holandês, teve descontentamento revelado em relação à FIA.

"Isso foi manipulado, cara", disse Hamilton no rádio, quando o piloto da RBR já se encontrava longe demais para ser alcançado.

A polêmica frase não foi divulgada por nenhuma das emissoras detentoras dos direitos da Fórmula 1 durante a transmissão. No entanto, foram vistas pelo streaming do automobilismo, o F1TV, onde a declaração está disponível.

A reclamação de Hamilton faz alusão ao acidente a cinco voltas para o final do GP final da temporada, com Nicholas Latifi, que acabou mudando os rumos do campeonato, que parecia mais próximo do piloto da Mercedes.

Àquela altura, o britânico liderava a corrida com mais de 11 segundos de vantagem para Verstappen. A Red Bull, porém, apostou em uma troca de pneus para o holandês, enquanto Hamilton seguiu na pista. Na relargada, já na última volta, o piloto da RBR deixou o inglês para trás e ficou com o título.

A possível violação de Verstappen ao artigo 48.8 aconteceu quando o safety-car apagou suas luzes, indicando que sairia da pista. Nesse momento, não é permitido ainda ultrapassagem sobre o líder, então Hamilton. E é o primeiro colocado que passa a ditar o ritmo aos demais pilotos.

Nesse momento, Verstappen chegou a colocar o carro do lado de Hamilton, o que a Mercedes acredita ter sido uma violação. O regulamento, contudo, também dá margens à defesa do holandês, já que diz apenas que, por questões de segurança, os pilotos “devem seguir em um ritmo que não envolva acelerações ou frenagens erráticas”.

Com a saída dos retardatários, Verstappen partiu para o tudo ou nada contra Hamilton e conseguiu a ultrapassagem e a vitória que lhe deram seu primeiro título mundial na Fórmula 1.