<
>

Verstappen adota tom moderado após derrota histórica: “Não fizemos nada de errado”

Max Verstappen procurou não deixar se levar pelas emoções após a derrota para Lewis Hamilton neste domingo, em Interlagos, no Grande Prêmio de São Paulo de Fórmula 1. O piloto holandês, que lidera o campeonato, tem mais três etapas para conquistar seu primeiro título mundial, e justamente por isso evita se abalar com a performance história de seu principal rival no Brasil.

“A troca de motor deles aumentou a performance. Nós não temos isso, então tivemos uma performance padrão, o que é bom. Ter uma performance estável é muito importante em uma pista como essa. Eu tinha que tentar não deixar Hamilton se aproximar, tinha vantagem no setor intermediário, onde estão as curvas da pista, mas, com isso, desgastei mais os pneus. Não acho que fizemos nada de errado”, disse Verstappen.

Com 14 pontos de vantagem na liderança do campeonato, Max Verstappen precisa voltar a figurar à frente de Lewis Hamilton ao menos em uma das próximas três corridas. Caso o piloto da Mercedes chegue na primeira colocação em todas as etapas restantes, a liderança e o título, outrora tão próximo do holandês, vão para o já heptacampeão mundial.

“Tivemos um bom início. Depois veio o safety car, depois o safety car virtual, e então foi difícil de segurar o Hamilton. Não há muito o que dizer. Tivemos dificuldades para ser mais rápidos em certos pontos da pista. Não estou satisfeito, porque terminei em segundo, mas ainda há mais três corridas, há muito para acontecer no campeonato”, prosseguiu Verstappen.

O piloto da Red Bull também comentou sobre o incidente protagonizado por ele e Lewis Hamilton na primeira tentativa de ultrapassagem do piloto da Mercedes, no fim da reta oposta, quando ambos foram para fora da pista, mas Verstappen manteve a primeira colocação.

“Os pneus estavam aquecendo, estava perdendo aderência. Fiquei feliz que os comissários não interpretaram o incidente como algo passível de punição, porque a corrida, de maneira geral, foi muito boa hoje”, concluiu.

A próxima etapa da Fórmula 1 acontece já no fim de semana que vem, no Catar, entre os dias 19 e 21 de novembro. Depois, os pilotos ainda correrão na Arábia Saudita e fecham o calendário nos Emirados Árabes, mais precisamente em Abu Dhabi.