<
>

Bottas lidera 2º treino livre para o GP da Rússia; Verstappen trocará motor e largará do fundo do grid

Líder do 1º treino livre para o GP da Rússia de Fórmula 1, Valtteri Bottas também fez a volta mais rápida na segunda etapa desta sexta-feira. O finlandês da Mercedes registrou tempo de 1m33s593 no circuito de Sochi. Já Max Verstappen, da Red Bull, trocará o motor de seu carro e, assim, terá que largar do fundo do grid na corrida.

O britânico Lewis Hamilton, também da Mercedes, ficou em segundo. Ele terminou sua volta mais rápida em 1m33s637.

Já Pierre Gasly, que integra a equipe da AlphaTauri, terminou na terceira colocação. O piloto francês obteve tempo de 1m33s845.

A Federação Internacional de Automobilismo confirmou que a Red Bull trocará o motor do carro de Verstappen. A equipe decidiu fazer a alteração para se adequar melhor às características da pista russa. No entanto, o holandês, considerado responsável pelo acidente com Hamilton em Monza, terá que exceder o limite de componentes permitidos e, assim, receberá uma punição automática.

O monegasco Charles Leclerc, da Ferrari, também efetuou a alteração no motor. Portanto, ele largará do fundo do grid.

Por fim, a cerca de 23 minutos para o término da sessão, Antonio Giovinazzi perdeu o controle do carro e bateu na barreira. O piloto italiano não se lesionou, mas o veículo da Alfa Romero ficou danificado.

O terceiro treino livre para o Grande Prêmio da Rússia de Fórmula 1 ocorrerá no sábado, às 05h50 (de Brasília), enquanto o classificatório está marcado para as 08h30. Por fim, a corrida será disputada no domingo, também às 08h30.