<
>

Farpas na F1! Mercedes diz que Red Bull tentou 'manchar nome' de Hamilton, e Verstappen detona: 'Mostra quem eles realmente são'

O clima na F1 esquentou muito após o acidente envolvendo Max Verstappen e Lewis Hamilton na última etapa, o GP da Inglaterra. Nesta quinta-feira, as principais equipes da categoria 'trocaram farpas', com a Red Bull pedindo outra revisão do acidente à FIA, algo que foi visto como uma tentativa de ‘manchar nome’ pela Mercedes.

“A Mercedes recebe a decisão dos fiscais de prova de rejeitar o pedido de revisão da Red Bull. Além de encerrar esse incidente, esperamos que essa decisão marque o final de uma tentativa planejada da gerência da Red Bull de manchar o bom nome e a integridade esportiva de Lewis Hamilton”, escreveu a equipe alemã em comunicado.

A Red Bull entendeu que a punição de 10 segundos para Lewis Hamilton no GP da Inglaterra não era suficiente e pediu uma revisão à FIA, além de sugerir “direção suja” do piloto inglês. A entidade negou a solicitação.

Agora, as atenções se voltam para o GP da Hungria, que acontece neste fim de semana. Já no circuito, Max Verstappen voltou a dedicar palavras fortes contra o rival pelo título.

“Para mim, é desrespeitoso quando um cara está no hospital e outro está balançando uma bandeira por aí como se nada tivesse acontecido, quando foi você que o jogou no muro a 51G (de força)”, afirmou o piloto holandês.

“De qualquer forma, isso só mostra quem eles realmente são. Vem de uma situação de pressão, mas eu não gostaria de ser visto assim”, opinou.

Verstappen lidera a Fórmula 1 com 185 pontos, com Hamilton na cola, com 177 tentos.