<
>

Fórmula 1: Hamilton comprometeu corrida ao apertar botão que não deveria; entenda

Neste domingo (6), no GP do Azerbaijão, em mais uma etapa do campeonato mundial de Fórmula 1, Lewis Hamilton não conseguiu terminar como o vencedor pela segunda corrida consecutiva, e tudo por conta de um erro cometido por ele mesmo. No rádio com a equipe da Mercedes, o piloto britânico admtiu ter apertado um botão do veículo que não deveria.

15º colocado geral no Circuito Urbano de Baku, Hamilton comprometeu a ação dos freios na primeira curva do GP após a relargada depois de pressionar o botão. Na conversa com o engenheiro da sua equipe Peter Bonnington, o piloto se referiu a um "botão mágico".

"Eu estava com o (botão) mágico ligado?", questionou o britânico. "Sim, você bateu nele e o ligou", respondeu o engenheiro. "Eu jurava que o tinha desligado", finalizou Hamilton.

A corrida havia sido paralisada logo após Max Verstappen, que teve um desgaste no pneus, abandonar a prova. Foi então que, com a relargada, Hamilton teve a chance de liderá-la - assim como o campeonato mundial -, mas cometeu o erro.

Com 105 pontos, quem lidera o campeonato mundial de F1 é Verstappen, seguido por Hamilton, com 101, e o mexicano Sergio Pérez, vencedor do GP deste domingo e que tem 69 pontos na terceira colocação.

O próximo circuito é o de Gilles Villeneuve, em Quebec, no Canadá, no domingo que vem, dia 13 de junho.