<
>

F1: Verstappen vence GP de Mônaco, supera Hamilton e consegue feito inédito na carreira; Red Bull acaba com jejum

play
Massa garante que, fora do carro, nunca teve problema com Alonso, mas diz que o espanhol 'dividia a equipe no meio' (3:12)

'Lógico, depois daquela corrida na Alemanha, que a gente discutiu, acabou se encostando e depois rolou aquilo tudo... foi chato, mas é uma coisa normal', relembrou o piloto brasileiro (3:12)

Max Verstappen venceu o Grande Prêmio de Mônaco neste domingo (23), superou Lewis Hamilton e agora é o novo líder do Mundial de Fórmula 1. Sem Charles Leclerc, que fez a pole, mas sequer largou por conta de um problema em sua Ferrari, o piloto da Red Bull saiu na frente e não deixou a primeira colocação.

Com o triunfo e a melancólica sétima colocação de Lewis Hamilton, da Mercedes, o holandês soma agora 105 pontos contra 101 do inglês sete vezes campeão da categoria que, inteligente, acelerou no fim, fez a volta mais rápida da prova e somou um ponto por isto. O pódio ainda contou com o espanhol Carlos Sainz Júnior (Ferrari), segundo, e o inglês Lando Norris (McLaren).

Assim, é a primeira vez que Verstappen, de 23 anos e desde 2015 na F1, lidera o Mundial na carreira.

Já a Red Bull é a nova líder do Mundial de Construtores, quebrando um incômodo jejum de oito anos: não chegava ao topo desde 2013 - são 149 pontos contra 148 da Mercedes.

A comemoração de Verstappen teve beijo ainda de capacete com a namorada Kelly Piquet, brasileira e filha do tricampeão da F1 Nelson Piquet.

'Maldição' de Leclerc segue; Bottas dá adeus

Minutos antes da corrida, veio o anúncio de que Leclerc não largaria devido a um problema no eixo de transmissão do lado esquerdo do carro. O monegasco bateu na reta final do treino classificatório, o que gerou esse problema. Ele nunca conseguiu terminar uma corrida em Mônaco, sua casa, na carreira.

Na volta 32, Valtteri Bottas também teve problemas. No primeiro pit stop, a Mercedes não conseguiu realizar a troca da roda dianteira direita, fazendo com que o finlandês abandonasse a corrida - ele estava na segunda colocação perseguindo Verstappen.

O próximo Grande Prêmio será o do Azerbaijão, no dia 6 de junho.

Veja a classificação do GP de Mônaco

1º – M. Verstappen (Red Bull)

2º – C.Sainz (Ferrari)

3º – L.Norris (McLaren)

4º – S.Pérez (Red Bull)

5º – S.Vettel (Aston Martin)

6º – P.Gasly (Alpha Tauri)

7º – L.Hamilton (Mercedes)

8º – L.Stroll (Aston Martin)

9º – E.Ocon (Alpine)

10º – A. Giovinazzi (Alfa Romeo)

11º – K. Raikkonen (Alfa Romeo)

12º – D.Ricciardo (McLaren)

13º – F.Alonso (Alpine)

14º – G. Russel (Williams)

15º – N. Latifi (Williams)

16º – Y. Tsunoda (Alpha Tauri)

17º – N.Mazepin (Haas)

18º – M.Schumacher (Haas)

OUT – V.Bottas (Mercedes)

OUT – Charles Leclerc (Ferrari)