<
>

Eleito melhor do mundo, Lewandowski supera Lewis Hamilton e Cristiano Ronaldo, e é eleito esportista europeu do ano

play
Gabriel Jesus se diverte ao lembrar primeiro papo com Fernandinho, elogia o 'craque' e brinca: 'Eu sei o futuro dele' (2:19)

'O Fernandinho me ajudou bastante', contou o atacante do City (2:19)

2020 já era um ano especial para o polonês Robert Lewandowski com os títulos conquistados pelo Bayern de Munique e ainda sendo eleito o melhor jogador do mundo pela Fifa.

Porém, ficou ainda mais especial, pois o atacante foi considerado o esportista europeu do ano pelo voto de diversas agências de notícias do continente.

A disputa foi bastante acirrada com o heptacampeão da Fórmula 1, Lewis Hamilton, que acabou vencido por quatro votos.

Nesta temporada, o corredor britânico superou o número de GPs conquistados de Michael Schumacher e empatou em número de títulos. Entretanto, em disputa bastante acirrada, prevaleceu o ótimo desempenho de Lewa.

A terceira posição ficou com o sueco Armand Duplantis, que bateu o recorde mundial do salto com vara em 2020. Na sequência, aparecem dois tenistas: o sérvio Novac Djokovic e o espanhol Rafael Nadal.

Dentro do Top 20, além do jogador da equipe bávara, há apenas mais um jogador de futebol: Cristiano Ronaldo.

Apesar de um 2020 um pouco apagado para a Juventus, o português ainda foi lembrado pelos jornalistas europeus. O ranking é feito há mais de 60 anos pela agência PAP, da Polônia, e tem os votos de outras 25 agências.

Confira o Top 20 do ranking:

1. Robert Lewandowski, Polônia – (futebol), 180 pontos

2. Lewis Hamilton, Grã-Bretanha – (Fórmula 1), 176

3. Armand Duplantis, Suécia – (atletismo), 169

4. Novak Djokovic, Sérvia – (tênis), 85

5. Rafael Nadal, Espanha – (tênis), 72

6. Primoz Roglic, Eslovênia – (ciclismo), 64

7. Tadej Pogacar, Eslovênia – (ciclismo), 52

8. Giannis Antetokounmpo, Grécia – (basquete), 42

9. Iga Swiatek, Polônia – (tênis), 32

10. Therese Johaug, Noruega – (esqui nórdico), 28

11. Sifan Hassan, Holanda – (atletismo), 27

12. Joan Mir, Espanha – (Moto GP), 22

13. Dorothea Wierer, Itália – (biatlo), 21

14. Dominic Thiem, Áustria – (tênis), 19

15. Anna van der Breggen, Holanda – (ciclismo), 19

16. Cristiano Ronaldo, Portugal – (futebol), 17

17. Marte Olsson Roisland, Noruega – (biatlo), 16

18. Luca Doncic, Eslovênia – (basquete), 15

19. Federica Brignone, Itália – (esqui alpino), 15

20. Johannes Tignes Boe, Noruega – (biatlo), 15