<
>

Fórmula 1: Haas confirma Pietro Fittipaldi como substituto de Romain Grosjean no GP de Sakhir

play
Na Fórmula 1, acidente de Grosjean assusta com muito fogo, carro partido ao meio e carenagem derretida; veja como foi (0:53)

Piloto está bem após o GP do Bahrein, mas sofreu com queimaduras e costela fraturada (0:53)

A Haas confirmou na manhã desta segunda-feira (30) que Pietro Fittipaldi comandará um dos carros da equipe no GP de Sakhir, no Bahrein, que acontece no domingo (6). Piloto reserva, o brasileiro será o substituto de Romain Grosjean, ainda internado após sofrer um gravíssimo acidente na última etapa da Fórmula 1, no Circuito Internacional do Bahrein.

O francês foi tocado por Daniil Kvyat, saiu da pista e acertou em cheio o guard-rail com o carro pegando fogo e partindo ao meio. Grosjean conseguiu sair rapidamente das chamas e sofreu queimaduras leves nas mãos e nos tornozelos.

“O mais importante de tudo é que Romain está seguro e bem. Estamos todos felizes que os ferimentos tenham sido leves após um acidente assustador. Claro que não é circunstância ideal para estrear na F1, mas sou extremamente grato ao Gene Haas e Gunther Steiner por me colocarem no carro neste fim de semana”, disse Pietro.

“Tenho acompanhado o time durante muito tempo nessa temporada, tanto nas pistas do calendário quanto no simulador, então estou familiarizado com a forma que o time opera durante um Grande Prêmio. Será incrível poder largar pela primeira vez na F1. Darei meu máximo e já estou ansioso para o primeiro treino livre na próxima sexta-feira”.

Neto do bicampeão Emerson Fittipaldi, Pietro já ocupava o posto de piloto reserva na escuderia norte-americana há duas temporadas. Aos 24 anos, será o 32º brasileiro a competir na categoria, encerrando um jejum que já se arrastava desde que Felipe Massa anunciou sua aposentadoria, em 2017.

“Depois que foi decidido que a melhor coisa para Romain era perder pelo menos uma corrida, a escolha de colocar Pietro no carro foi bem fácil. Pietro está familiarizado com o carro pelo fato de estar com a equipe nas últimas duas temporadas como piloto reserva e de testes”, disse Gunther Steiner, chefe de equipe da Haas.

“É a coisa certa a fazer e é obviamente uma boa oportunidade para ele, que tem sido paciente e sempre esteve preparado. Agora ela chegou. É por isso que o queremos no carro e tenho certeza que ele fará um bom trabalho. É muito complicado ser chamado no último minuto, mas como eu disse, acho que é a coisa certa a fazer pelo time”.

Grosjean tranquiliza fãs após grave acidente

Hospitalizado após o grave acidente GP do Bahrein, Romain Grosjean usou as redes sociais para tranquilizar os fãs de automobilismo.

“Olá, pessoal! Só queria dizer que estou bem, quer dizer, mais ou menos bem. Obrigado pelas mensagens. Eu não era fã do Halo, há uns anos atrás, mas sem ele eu não conseguiria estar aqui falando com vocês hoje. Obrigado a todos os profissionais envolvidos no circuito e no hospital. Espero que possa voltar a responder as mensagens de vocês em breve”, disse o piloto.

Em comunicado nesta segunda-feira, a Haas confirmou que o francês tem evoluído bem ao tratamento para as queimaduras que sofreu nas costas de ambas as mãos, e que receberá alta médica na terça-feira.

play
0:31

Após acidente assustador na Fórmula 1, Grosjean manda mensagem direto do hospital: 'Sem o halo não poderia estar falando com vocês hoje'

Piloto escapou do acidente no GP do Bahrein com algumas queimaduras e fratura na costela