<
>

F1: Lewis Hamilton se recupera, sobra no Q3 e faz a pole para o GP da Rússia

Lewis Hamilton deu show em Sochi e fez sua 96ª pole na Fórmula 1. Após um susto no Q2, o britânico faz o melhor tempo extra oficial da pista e larga em primeiro neste domingo no GP da Rússia. Quem também fez uma volta incrível foi Max Verstappen, que se colocou entre as Mercedes; Bottas, que dominou os treinos durante a semana, sai em terceiro.

Os pilotos que completam a lista dos 10 primeiros são Perez, Ricciardo, Sainz, Ocon, Norris, Gasly e Albon. Mais uma vez a Ferrari ficou fora do Q3, com Vettel sofrendo um acidente forte, que quase tirou Leclerc da pista.

A Q2 evidenciou a dificuldade dos pilotos com a pista. Além de muitas voltas sendo anuladas por conta das saídas da pista, um acidente de Sebastian Vettel tirou o alemão do treino. O tetracampeão perdeu o controle na curva quatro a bateu com força, forçando a bandeira vermlha e paralisação das atividades. Leclerc por pouco não se chocou com o companheiro de equipe, o que seria desastroso para a Ferrari.

Quem também foi prejudicado por conta de saídas da pista foi o líder Lewis Hamilton. O inglês fez o melhor tempo do dia, mas teve seu resultado anulado, ficando com a 15ª posição pouco antes da bandeira vermelha. Na última volta conseguiu se recuperar e avançar ao Q3.

Kimi Haikkonen acabou com o pior tempo do treino e larga em último na prova deste domingo. O piloto da Alfa Romeo foi mais um que teve problemas com a aderência da pista, chegando a rodar em uma de suas voltas.

O GP da Rússia começa às 8h10 (de Brasília).