<
>

F1: Fornecedora explica falhas que fizeram Hamilton ter que vencer com pneu furado na Inglaterra

play
Hamilton vence na Fórmula 1 com pneu completamente estragado na última volta: o estado do carro em 17 fotos e 30 segundos (0:34)

Inglês teve pneu furado na última volta, mas venceu GP da Grã-Bretanha mesmo assim (0:34)

Lewis Hamilton precisou superar um problema inesperado para vencer o Grande Prêmio de Silverstone, domingo, em mais uma etapa da Fórmula 1. Na última volta, o pneu dianteiro esquerdo de sua Mercedes furou e deu contornos de emoção a uma vitória tranquila.

O caso motivou uma análise da Pirelli, fornecedora de pneus tanto da Mercedes quanto da McLaren. Segundo a fornecedora, em comunicado divulgado à imprensa nesta terça-feira, o problema com o equipamento tem a ver com o uso por um período mais longo do que o normal.

Segundo a Pirelli, as equipes foram obrigadas, depois da entrada do safety car, a fazer um trecho final de prova de aproximadamente 40 voltas, o que representa mais de três quartos do total da corrida na Inglaterra. Tudo isso somado à força grande sobre os pneus desde os primeiros testes.

A fornecedora lembrou ainda que, tradicionalmente, Silverstone é uma das provas que mais exigem do pneu dianteiro esquerdo. Exposto a um número maior de voltas, o material se desgastou e acabou rompendo. Para a próxima corrida, novamente no autódromo inglês, a Pirelli promete acompanhar a situação de perto.