<
>

F1: Sergio Pérez testa positivo para COVID-19 e é retirado do GP da Inglaterra em Silverstone

play
De arrepiar: Trombonista brasileiro toca tema oficial da Fórmula 1 e bomba nas redes sociais (3:29)

O vídeo de Raphael Paixão ainda foi compartilhado pela conta oficial da F1, o @f1 | via @raphaeltrombone (3:29)

O piloto Sergio Pérez, da Racing Point, testou positivo para COVID-19 e não poderá correr no Grande Prêmio da Inglaterra, em Silvestone, neste final de semana.

A informação foi dada pela própria F1, em seu site oficial.

"Pérez já entrou em quarentena, de acordo com as instruções dadas pelos órgãos de saúde, e seguirá seguindo todos os procedimentos indicados pelas autoridades", disseram a Fórmula 1 e a FIA, em comunicado conjunto.

As organizações também informaram que todas as pessoas que tiveram contato com Pérez foram isoladas.

"Os procedimentos já adotados por F1 e FIA certificaram que o incidente não terá qualquer impacto maior nos eventos deste final de semana", ressaltaram.

Também em nota oficial, a Racing Point informou que Pérez não está apresentando sintomas, estando "fisicamente bem e disposto".

A equipe também informou que escalará um piloto reserva para correr no lugar do mexicano neste final de semana, mas ainda não confirmou o nome.

Segundo o Motorsport.com , o alemão Nico Hulkenberg, que atualmente está sem equipe, é o favorito a assumir o carro.

A notícia vem em péssima hora para Pérez, que vinha em ótimo início de campeonato.

Até o momento, ele marcou pontos em todas as etapas do Mundial e está em 6º lugar na tabela de classificação.