<
>

F1: Alonso é confirmado pela Renault e fará terceira passagem pela equipe

play
De 'Senna não sabia acertar carro' a 'fiz de tudo para Mansell bater em mim': 10 frases polêmicas do irreverente Nelson Piquet (0:52)

O ESPN.com.br reuniu palavras épicas da carreira do piloto (0:52)

Conforme adiantado na última terça-feira, Fernando Alonso estará de volta à Fórmula 1 em 2021.

O espanhol foi anunciado nesta quarta pela Renault, o que será sua terceira passagem pela equipe francesa - com quem conquistou os títulos de 2005 e 2006. Em uma carreira com 314 GPs, 32 vitórias e 97 pódios, o piloto de 38 anos se diz feliz por voltar para sua "família" e projeta o retorno aos pódios.

"Renault é minha família, minhas mais queridas memórias na F1 com meus dois títulos mundiais, mas agora estou olhando à frente. É uma ótima fonte de orgulho e com uma emoção imensa que estou retornando à equipe que me deu a chance de começar minha carreira e que agora me dá a oportunidade de tornar ao mais alto nível", disse o espanhol.

"Eu tenho princípios e ambições em sintonia com o projeto da equipe. Seu progresso neste inverno (europeu) dá credibilidade aos objetivos para a temporada 2022, e eu vou dividir toda minha experiência de corrida com todos, dos engenheiros aos mecânicos e com meus companheiros. A equipe quer e tem as razões para voltar ao pódio, assim como eu".

Alonso, que também correu por Minardi e Ferrari, deixou a F1 em 2018 após uma passagem frustrada pela McLaren. Ele disputou, então, Mundial de Endurance, 500 Milhas de Indianápolis, 24 Horas de Le Mans e provas em rali.

Agora, será o substituto de Daniel Ricciardo (que irá para a McLaren na próxima temporada) e terá como companheiro na Renault o francês Esteban Ocon.

"A contratação de Fernando Alonso é parte do plano do Grupo Renault de continuar seu compromisso com a Fórmula 1 e retornar ao topo do grid. Sua presença em nossa equipe é uma peça formidável a nível esportivo, mas também para a marca ao qual ele está muito ligado", disse Cyril Abiteboul, diretor esportivo da montadora.

"Sua experiência e determinação vão nos habilitar a conseguir o melhor de cada um para colocar a equipe perto da excelência que a F1 moderna exige. Ele também vai trazer à nossa equipe, que tem crescido rapidamente, uma cultura de corrida e de vitórias para superar barreiras juntos".