<
>

Fórmula 1 anuncia calendário parcial com só oito corridas e GPs duplos em Áustria e Inglaterra

play
Descansando? Veja o treinamento diferente de Max Verstappen durante o isolamento (0:05)

O piloto da Red Bull publicou o vídeo da sua atividade nas redes sociais | @maxverstappen1 (0:05)

A Fórmula 1 anunciou nesta terça-feira (2), por meio de comunicado oficial, um plano detalhado de temporada 2020 com oito corridas garantidas em apenas nove semanas, uma verdadeira overdose, e todas sem público.

Todos os Grandes Prêmios serão disputados em um espaço de dois meses, com o primeiro sendo em 5 de julho e o último, em 6 de setembro, passando por Áustria (rodada dupla), Hungria, Inglaterra (rodada dupla), Espanha, Bélgica e Itália.

E é isto mesmo, seguidamente, Áustria e Inglaterra terão duas corridas cada um.

“Após suspensão das corridas por conta da pandemia de coronavírus, a F1, as equipes e a FIA (Federação Internacional de Automobilismo) estavam trabalhando para elaborar um plano para permitir que a temporada começasse com segurança, e hoje o chefe executivo da F1, Chase Carey, descreveu a primeira parte de um calendário revisado das corridas”, anunciou a categoria.

"Apesar de atualmente esperarmos um começo de temporada sem público nas provas, torcemos para que nos próximos meses a situação nos permita recebê-los novamente assim que seja seguro", seguiu o comunicado, deixando claro que estes oito GPs serão com portões fechados.

Veja abaixo os oito GPs garantidos pela F1 para 2020 e suas datas:

  • Rodada 1: Áustria - 3 a 5 de julho

  • Rodada 2: Áustria - 10 a 12 de julho

  • Rodada 3: Hungria - 17 a 19 de julho

  • Rodada 4: Inglaterra - 31 de julho a 2 de agosto

  • Rodada 5: Inglaterra - 7 a 9 de agosto

  • Rodada 6: Espanha - 14 a 16 de agosto

  • Rodada 7: Bélgica - 28 a 30 de agosto

  • Rodada 8: Itália - 4 a 6 de setembro

A expectativa da Fórmula 1 ainda é de "um total de 15 a 18 corridas” no ano, para isto, vai esperar mais um pouco por conta das situações diferentes do coronavírus em cada país. Estas provas seriam nas Américas e na Ásia. "É um prazer definir as oito primeiras corridas, assim como seguimos ansiosos para publicar o calendário completo nas próximas semanas”, disse Chasey Carey.

Através do Twitter, a categoria também publicou uma nota de “5 passos para uma corrida segura”, veja quais são eles:

  1. Testes: trabalhando com certificados e reconhecidos parceiros de testes privados, haverá testes regulares em todos os funcionários da Fórmula 1 que viajam para um evento;

  2. Eventos fechados: não é esperado que os eventos sejam abertos a espectadores, convidados ou parceiros, sendo permitido apenas o pessoal essencial para o andamento;

  3. Mínimo de pessoas: haverá uma redução significativa no pessoal que viaja para eventos, não apenas pelas equipes, mas também pela FIA, fornecedores e pela própria F1;

  4. Viagem isolada: o pessoal envolvido vai viajar de maneira isolada, usando vôos privados privados entre os locais para garantir uma “bolha” restrita;

  5. Distanciamento social: medidas e procedimentos serão implementados, com as cerimônias ‘pré’ e ‘pós’ corrida sendo alteradas.