<
>

Fórmula 1: GP da China é adiado por causa do coronavírus

A Fórmula 1 e a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) anunciaram o adiamento do GP da China em 2020 por causa da crise do coronavírus.

O evento de Xangai estava marcado para 19 de abril (quarto no calendário de 22 corridas).

Em comunicado, a FIA afirmou que está trabalhando com os promotores para "estudar a viabilidade de datas alternativas para o GP no final deste ano caso a situação melhore".

Com o adiamento, o calendário atual da F-1 terá um buraco de quatro semanas sem provas entre Vietnã em 5 de abril e Holanda em 3 de maio.

"Nós não vamos fazer algo que não seja bom para nós ou para as equipes", disse Chase Carey, homem-forte da F-1, antes de a decisão ser anunciada.

Ele revelou também que a categoria está monitorando a situação no Vietnã, que faz fronteira com a China.

Este é o primeiro GP cancelado desde o Bahrein em 2011 - por causa de protestos contra a prisão de civis.

Até esta quarta-feira, o coronavírus causou mais de 1.100 mortes e já contaminou acima de 44 mil pessoas.