<
>

São Paulo ganha fã-clube oficial da Ferrari

Os paulistanos torcedores da Ferrari agora podem fazer parte de um fã-clube oficial da escudeira. A montadora passou a reconhecer oficialmente um grupo da cidade de São Paulo, que será coordenado pela marca italiana.

Fãs ferrenhos da Ferrari já se reuniam na capital paulista desde 1991, quando o ex-piloto Piero Gancia fundou o grupo. Apaixonados pela escuderia, eles se encontravam mensalmente em almoços para trocar conversas sobre Fórmula 1.

O que era apenas um fã-clube informal, tornou-se algo ainda maior no final de 2019. Em abril, a diretoria pleiteou de maneira direta a sua oficialização pela sede da Ferrari. Tudo se concretizou nos últimos dias do ano, quando o atual presidente do clube, Guido Urizio, e Claudio Nespoli, diretor social, receberam a carta diretamente da Itália, confirmando o reconhecimento da escuderia.

Grupo se reúne desde 1991 em São Paulo e conseguiu oficialização junto a Ferrari (Foto: Reprodução)

A Ferrari mantém 125 clubes de sócios na Itália e outros 31 espalhados por 15 países pelo mundo. No Brasil, além do recém-inaugurado em São Paulo, a marca tem outro grupo oficial de simpatizantes localizado em Curitiba.

Para fazer parte do fã-clube não é necessário ser proprietário de uma Ferrari, mas é preciso se associar através de um pagamento anual de R$ 700. As associações ainda passam por aprovações de um comitê interno e de outros procedimentos coordenados pela montadora.

O sócio do fã-clube oficial tem descontos em Grande Prêmios da Itália de Fórumla 1 e da Moto GP. Além disso, dá direito à desconto no parque temático da Ferrrari em Abu Dhabi e na Espanha, além de acesso a brindes e benefícios, como a chance de conhecer a fábrica em Maranello e os pilotos da escuderia.

A relação do Brasil com a Ferrari se fortaleceu nos anos em que Rubens Barrichello correu pela equipe, entre 2000 e 2005. Outro piloto que teve destaque pela montadora italiana foi Felipe Massa, vice-campeão mundial em 2008. Atualmente, outros dois brasileiros fazem parte da Academia de Pilotos da escuderia: Enzo Fittipaldi (neto de Emerson Fittipaldi), de 18 anos, e Gianluca Petecof, de 16.