<
>

Fórmula 1: através do rádio, como foi o GP da Rússia de Vettel, da resistência à estratégia ao 'p... do V12'

play
Victor Martins analisa internação de Schumacher: 'Significa que a medicina convencional não tem resolvido' (1:08)

Ex-piloto alemão está internado para 'tratamento secreto' (1:08)

O GP da Rússia de Fórmula 1 de Sebastian Vettel terminou com uma falha no motor, mas até lá houve uma série de mensagens desafiadoras à Ferrari e uma aparente recusa a obedecer às ordens do time.

Vettel largou brilhantemente em Sochi, ultrapassando Lewis Hamilton e depois usando o vácuo do companheiro Charles Leclerc para chegar à liderança na primeira curva. Logo ficou claro que a Ferrari tinha antecipado isso e planejava trocar a posição de seus pilotos assim que a dobradinha estivesse segura, algo que os pilotos conversaram antes da corrida.

Mas Vettel tinha outros planos. Veja como foi a difícil situação da Ferrari com as conversas no rádio:

Volta 2 – Ferrari para Leclerc: “Estamos pensando em fazer a troca durante a corrida”, sugerindo uma iminente ordem de equipe para Vettel

Volta 5 – Ferrari para Leclerc: “Ele vai te deixar passer na próxima volta”

Volta 6 – Vettel para Ferrari: “Eu teria passado ele de qualquer forma. Vamos abrir vantagem (do Hamilton) por mais duas voltas e me avisem”

Volta 7 – Ferrari para Vettel: “Deixe o Charles passar”. Vettel responde: “Fale para ele se aproximar”

Volta 8 – Ferrari para Vettel: “Deixe ele passar, a diferença é de 1,4 segundos”

Frustrado, Leclerc reclama para Ferrari: “Vocês me colocaram atrás. Eu respeitei tudo. Vamos conversar depois, mas agora é difícil reduzir a vantagem, obviamente”

Volta 10 – Ferrari para Leclerc: “Charles, vamos fazer a troca um pouco depois. Lewis está próximo e vamos fazer a troca depois. Foque na corrida, obrigado”

Leclerc responde: “Eu entendo completamente, a única coisa é que eu respeitei e dei o vácuo a ele, sem problema. Então eu tentei forçar no começo da corrida. Sem problema, administrem a situação”

Volta 22 – Leclerc faz o pit stop da segunda posição e coloca pneus médios

Volta 24 – Vettel para a Ferrari: “Meus pneus traseiros estão acabando”, sugerindo que queria fazer seu pit stop. Se parasse ali, voltaria à frente de Leclerc.

Ferrari para Vettel: “Estamos preocupados com o Hamilton alongar a parada”

Volta 26 – Vettel faz o pit stop da liderança e coloca pneus médios. Volta 1,3s atrás de Leclerc, ou seja, a Ferrari resolveu a situação com os pit stops.

Volta 28 – Vettel diminui a velocidade e reclama de falta de potência vindo de uma falha no MGU-K (uma parte do motor híbrido V6). Crítico dos novos motores, Vettel dispara: “Tragam de volta a p... dos V12”. O abandono trouxe o Safety Car à pista, dando a oportunidade das Mercedes fazerem seu pit stop e voltarem à frente de Leclerc.