<
>

“Cansado”, Leclerc vibra com vitória na Itália e admite erros na corrida

Charles Leclerc vive nas nuvens desde a última semana. Com duas poles e duas vitórias, as duas primeiras de toda a sua carreira, ele revelou, porém, que a conquista neste domingo foi muito mais emocionante à da Bélgica, no domingo passado. O motivo? A atmosfera italiana.

“Vencer aqui é um sonho. Foi um sonho semana passada com a primeira vitória, mas, em termos de emoção, vencer aqui é dez vezes mais forte. O pódio vai além de qualquer sonho que eu tenha tido quando criança. Ver as pessoas cantando assim para o time é incrível. Obrigado”, disse o jovem monegasco.

Leclerc venceu a corrida do circuito de Monza, no GP da Itália, sob os olhares de milhares de torcedores, que fizeram uma bela festa durante e após a finalização da prova. No entanto, o piloto teve que trabalhar muito para segurar a ponta, visto que foi perseguido de perto por Lewis Hamilton e, depois, por Valtteri Bottas, da Mercedes.

“Que corrida! Eu nunca saí tão cansado de um carro. Cometi alguns erros, mas, no final, terminei em primeiro. Estou muito feliz por isso. Eu preciso ter cuidado com os erros, mas nenhum deles me fez perder a primeira posição hoje (domingo)”, finalizou.

As 53 voltas do circuito de Monza, no Grande Prêmio da Itália, foram de tensão e torcida na manhã deste domingo – e os italianos puderam soltar o grito entalado na garganta há nove anos! O monegasco Charles Leclerc, da Ferrari, confirmou o favoritismo após pole position no último sábado e foi o grande campeão do circuito, seguido de Valtteri Bottas e Lewis Hamilton, ambos da Mercedes.

Com esse resultado, Leclerc ultrapassou o companheiro Vettel e é o quarto colocado na classificação geral, com 182 pontos, enquanto o alemão caiu para quinto, com 169. Hamilton é o líder, com 284, seguido de Bottas (221) e Verstappen (185).