<
>

F1: Leclerc segura Hamilton, que erra, vence o GP da Itália e encerra jejum da Ferrari em casa

play
Veja o trabalho do Instituto Família Barrichello, que já atendeu 16 mil pessoas em 14 anos (1:35)

Entidade trabalha com pessoas em situação de vulnerabilidade e usa esporte como ferramenta de inclusão (1:35)

A festa é toda da Ferrari na Fórmula 1!

Neste domingo, Charles Leclerc encerrou um jejum de nove anos da Scuderia com a vitória no GP da Itália de Fórmula 1 praticamente de ponta a ponta.

O monegasco ganhou, assim, pela segunda vez consecutiva na categoria (levou na Bélgica no último fim de semana).

Ele segurou a pressão de Lewis Hamilton, que largou em segundo e pressionou muito após a parada nos boxes. O britânico, porém, tinha pneus médios e sofreu com o desgaste, errando e perdendo a posição para o companheiro de Mercedes, Valtteri Bottas.

O finlandês até esboçou uma pressão, mas não foi capaz de tirar a vitória de Leclerc.

As Renaults fizeram um excelente trabalho e terminaram em quarto (Daniel Ricciardo) e quinto (Nico Hulkenberg).

Sebastian Vettel, que errou no começo da corrida e caiu para último, terminou fora dos pontos. Max Verstappen, que largou em 20º, acabou em oitavo.

Na classificação, Lewis Hamilton segue na liderança com 284 pontos, seguido por Bottas (221) e Verstappen (185).

Com a vitória, Leclerc ultrapassou Vettel e agora é o quarto colocado no Mundial (182 a 169).

A próxima etapa da Fórmula 1 acontece em Cingapura no dia 22 de setembro.