<
>

Dobradinha da Ferrari e problema com Hamilton abrem os treinos para GP da Bélgica

A espera acabou! A Fórmula 1 voltou nesta manhã de sexta-feira, com o primeiro treino livre para o Grande Prêmio da Bélgica e, confirmando o favoritismo, a Ferrari fez dobradinha, com Sebastian Vettel em primeiro e Charles Leclerc em segundo lugar. Já Max Verstappen, da RBR, fechou em terceiro em Spa-Francorchamps. O segundo treino acontece ainda hoje (30), às 10h (de Brasília).

A volta mais rápida do alemão foi de 1:44.574, 0s214 à frente do companheiro de equipe e quase um segundo à frente de Verstappen. Alexander Albon, recém-chegado à RBR, terminou em quarto (0s077 atrás), seguido de Bottas, recentemente confirmado para 2020 na Mercedes, e seu colega Hamilton, em sexto (1s399 da melhor marca de Vettel).

O britânico superou um problema no pedal do acelerador durante a atividade e, além disso, vale ressaltar que nenhum dos dois pilotos da Mercedes utilizou pneus macios durante a sessão, ou seja, são esperados tempos mais rápidos nos próximos treinos. Completaram os lugares do sétimo ao décimo, respectivamente, Lance Stroll (Racing Point), Daniel Ricciardo (Renault), Sergio Pérez (Racing Point) e Carlos Sainz (McLaren).

Falando em Stroll, ele protagonizou uma cena bizarra quando seu motor se soltou do lado direito, com pedaços espalhados na pista, para a entrada do safety car virtual. Raikkonen, que era dúvida por conta de distensão na panturrilha esquerda, atuou normalmente e fechou na 13ª posição.