<
>

Com Gasly, Red Bull faz pit-stop mais rápido da história da Fórmula 1

Marca foi obtida no Grande Prêmio de Silverstone (Foto: Divulgação/RBR)

Neste domingo, além de mais uma vitória de Lewis Hamilton na Fórmula 1, o Grande Prêmio da Grã-Bretanha teve outros grandes destaques, como a briga entre Leclerc e Verstappen, por exemplo. No entanto, um feito ocorrido em Silverstone acabou passando um tanto despercebido: o recorde de pit-stop mais rápido da história.

Com Pierre Gasly, a Red Bull Racing fez uma parada que durou apenas 1s91. De acordo com a própria Fórmula 1, o tempo é 0s01 mais rápido que a marca anterior, que pertencia à Williams, que em 2016, durante a corrida em Baku, no Azerbaijão, fez o pit stop de Felipe Massa em apenas 1s89.

De forma não oficial, o recorde é da Mercedes, que no GP da Xangai do ano passado, afirma ter feito o pit-stop de Valtteri Bottas em 1s83. No entanto, de acordo com a F1, o tempo foi de 2s15.

Ver essa foto no Instagram

NEW WORLD RECORD ⏱🚀 . 1.91 seconds is all it took @pierregasly’s pit crew to get the Frenchman in and out of the pits on Sunday, making it, by 0.01 seconds, the fastest pit stop ever recorded! 😮 Incredible work, @redbullracing 💪👊👏 . #Formula1 #F1 #BritishGP 🇬🇧 #worldrecord #Silverstone @dhlmotorsports #dhl #momentsthatdeliver

Uma publicação compartilhada por FORMULA 1® (@f1) em