<
>

Após primeira vitória na F1, Honda projeta melhora no motor

Enfim, o motor Honda conseguiu a sua primeira vitória na temporada da Fórmula 1, no Grande Prêmio da Áustria, com a Red Bull de Max Verstappen. Agora, portanto, a montadora japonesa já projeta uma evolução dentro da categoria.

Toyoharu Tanabe, diretor de competições da Honda, admite que o motor tem uma desvantagem sobretudo nos treinos classificatórios, e explicou com isso pode ou não ser corrigido.

“Sim, vemos uma diferença maior nas classificações em comparação com os outros. Nós tentamos usar nosso motor o máximo que podemos. Não é fácil aumentar (a potência) imediatamente. Mas continuamos desenvolvendo, talvez na próxima especificação ou atualização. Mas não na próxima corrida! Em corrida ainda estamos atrasados, mas não tanto quanto na classificação. Então, o próximo passo que precisamos alcançar é um modo de classificação ou algo assim, mas não é fácil”, disse ao Autosport.

A prova vencida na Áustria é um exemplo de que a especificação 3 do motor Honda ainda vem sendo bem sucedida, uma vez que o holandês da Red Bull conseguiu partir para cima dos adversários de forma agressiva pra conquistar a vitória.

“Nós queremos mais melhorias com alguma atualização no futuro para dar suporte à RBR. É claro que está incluído o motor para o próximo ano, mas quando estiver pronto – quando acharmos que ele tiver confiabilidade e desempenho suficientes”, completou Toyoharu Tanabe.

A próxima etapa da Fórmula 1 está marcada para os dias 12, 13 e 14 de julho, com o Grande Prêmio de Grã-Bretanha, a décima etapa da temporada 2019.