<
>

Câmara Municipal manifesta apoio à Fórmula 1 em São Paulo

Na tarde desta terça-feira, a Câmara Municipal de São Paulo manifestou apoio incondicional à manutenção do Grande Prêmio do Brasil na cidade. Em nota, a casa destacou a história do Autódromo de Interlagos na Fórmula 1 e o valor do evento na economia da capital paulista.

A nota foi divulgada minutos antes de uma coletiva do governador João Doria, do prefeito Bruno Covas e do CEO do Liberty Media, grupo que comanda a Fórmula 1. Na coletiva, realizada no Palácio dos Bandeirantes, Doria negou que o GP do Brasil seria realocado para o Rio de Janeiro, contrariando fala do presidente Jair Bolsonaro na última segunda-feira.

Confira a seguir a nota na íntegra

Câmara Municipal de São Paulo defende Fórmula 1 em SP

A Câmara Municipal de São Paulo manifesta apoio incondicional à permanência do Grande Prêmio de Fórmula 1 em São Paulo. Nesse sentido, aprovou a concessão do autódromo de Interlagos à iniciativa privada, garantindo ainda mais investimentos.

A Fórmula 1 é realizada em Interlagos desde 1972 e representa um fator econômico importante para a cidade de São Paulo e para o Brasil.

Neste período de crise econômica não é momento de gastos altíssimos em áreas que não são prioritárias. Isso inclui a construção de um novo autódromo no Rio. Portanto, não se trata de uma questão política, mas, sim, econômica.

Interlagos já revelou grandes nomes do automobilismo brasileiro, dentre os quais Ayrton Senna, Nelson Piquet, Rubens Barrichello, Felipe Massa e José Carlos Pace, entre tantos outros, e continuará como sede da Fórmula 1 por muitos anos.