<
>

B4 anuncia peneira feminina para time profissional de Valorant

B4 anuncia peneira para encontrar novo talento feminino de VALORANT Divulgação/B4

Valorizando ainda mais um cenário feminino de Valorant, B4 promove peneira para achar novo talento


Nesta quinta-feira (28), a B4 anunciou o Draft Angels, a primeira peneira do gênero feminino de Valorant. A organização entrou de cabeça neste ano com o seu projeto no FPS da Riot Games, com a sua escalação feminina que está no evento principal do Protocolo: Evolução.

O período das inscrições Free Agent será entre os dias 12 e 19 de novembro e terá o limite de 80 participantes. Sem restrição de idade para a inscrição, as candidatas precisam morar no Brasil e ter um rank de no mínimo Ouro 3 no Valorant.

Para a peneira, os times serão montados pela equipe da B4 de forma aleatória a fim de equilibrar os ranks entre as competidoras. As primeiras 80 inscritas passarão por uma semana de entrosamento antes da competição e aulas com o time B4 Angels, entre os dias 24 a 30 de novembro. O início da competição está marcado para 1º de dezembro e terminará no dia 22 de dezembro.

“A primeira peneira do time profissional B4 Angels é mais uma forma de estimular e inserir as mulheres no eSports. Estamos muito animados para essa competição, que certamente marcará a história da organização para muitas outras.”, comemora Marcela Miranda, sócia da B4.

A head de Marketing do Digio, Loreta Caporrino, também reforça que iniciativas como essa contribuem para o apoio de novos talentos, viabilizando oportunidades para o público feminino no mundo dos games.

“Um dos valores mais cruciais do nosso banco digital é o ‘Tudo se Transforma’. Nossa parceria com a B4 vem com essa vontade de engajar e trazer cada vez mais mulheres para essa cena. Queremos apoiar causas que tenham um impacto positivo no dia a dia das jogadoras do Brasil, englobando pautas que incluam a todas. Estamos animados para acompanhar as jogadoras na peneira e traçar juntos cada passo ao longo dessa nova jornada no mundo profissional do eSport com elas", disse Loreta.

O diferencial da seletiva é que a performance psicológica das jogadoras terá mais peso do que a técnica. O staff da B4 selecionará dez jogadoras, independente de vitória ou derrota no torneio, para a primeira parte da seletiva.

A primeira etapa, com júri composto pelo manager, coach, uma das Angels e um convidado, analisará comunicação, comprometimento, empenho, liderança, trabalho em equipe, disponibilidade de tempo e esforço. A parte técnica não será analisada. Já na segunda etapa da seletiva, também haverá a participação de um psicólogo para avaliar as candidatas em dinâmicas de grupo e em conversas individuais.

Os jogos serão offline, mas a cada semana haverá uma livestream com uma das Angels para analisar o desempenho das participantes. A jogadora de destaque semanal participará de um showmatch com o time profissional da B4 Angels e ganhará uma semana de treinamento com as integrantes da equipe.

A nova B4 Angel será anunciada num showmatch final entre os dois times selecionados na segunda etapa, que será transmitido pelo canal oficial da B4, no dia 19 de janeiro.

A primeira colocada terá contrato de um ano e ganhará um setup gamer completo, que são todos os equipamentos necessários para jogar profissionalmente. A segunda e terceira colocadas ganharão periféricos - equipamentos como mouse, teclado ou monitor.