<
>

Canal do Gaules volta ao ar depois de passar quase 10 horas banido

Divulgação

Sem ter o motivo revelado, Gaules foi banido da Twitch na madrugada desta sexta (05) e o canal segue fora do ar horas antes do jogo da FURIA


Faltando poucas horas para o jogo da brasileira FURIA nos playoffs do Major de CS:GO, a principal transmissão brasileira do campeonato voltou ao ar após ficar cerca de 10 horas banido na plataforma Twitch.

O fato aconteceu na madrugada desta sexta (05), enquanto Gaules transmitia uma das partidas da NBA. A revelação aconteceu pelo próprio streamer e também pela ferramenta StreamerBans, que indica quando as suspensões ocorrem. O canal foi retirado do ar sem aviso prévio - prática que acontece com frequência na plataforma.

Ao que tudo indica, o motivo que resultou no banimento de Gaules teria sido por conta do contrato de transmissão dos jogos da NBA, que só poderia ser feita para o Brasil mas acabou sendo transmistida para outros países também, no entanto, nada foi confirmado oficialmente. Logo em seguida ao banimento, o streamer seguiu acompanhando o jogo junto de Velho Vamp e também de llauqS.

"F Jogasso. Acabei terminando de fazer o jogo, eu o Velho Vamp e o llauqs em uma transmissão moral. O canal deve voltar nas próximas horas. Amanhã estamos on 10h para o pré-jogo da FURIA. Bom descanso, Tribo", comunicou o streamer. A liberação do canal foi efetivada às 10:30.

Na manhã desta sexta, Gaules foi ao Twitter tranquilizar os seguidores, falando para que os mesmos “não tenham medo” e também disse que os portões da Triboneira estariam abertos “logo menos”. Minutos após o tweet, o streamer anunciou em seu Twitter que o período de banimento já acabou e que estará online para a partida da FURIA, representante brasileira no Major de Estocolmo.

No começo da semana, o brasileiro cravou seu nome como o canal mais assistido do mundo na plataforma de transmissões ao vivo, atingindo a marca de 19,58 milhões de horas assistidas, deixando canais como o de xQc, Ibai e LOUD Coringa para trás. O jogo da FURIA começa às 12h30 (horário de Brasília) contra a russa Gambit Esports, válido pelos playoffs do campeonato.