<
>

Singapura volta a sediar o mundial de Free Fire; Brasil terá dois representantes

play
Victor 'Metal', da SS, revela os maiores desafios de um treinador de Free Fire (12:51)

Em entrevista, ele fala sobre título da LBFF 3, reconstrução de elenco e propostas de outras equipes (12:51)

Brasil tem direito a duas vagas no mundial de Free Fire, torneio que será disputado em maio em Singapura.


O Free Fire World Series (FFWS) 2022, maior torneio da temporada competitiva do battle royale será disputado em Singapura pelo segundo ano consecutivo. Sentosa, uma de suas ilhas (local famoso por florestas tropicais e lindas praias) será palco do mundial do game entre 14 e 21 de maio.

O torneio terá ao todo 22 equipes em ação de todo, vindas de 13 regiões diferentes. O torneio começa pela fase classificatória, que terá 12 equipes. As duas melhores de juntam aos 10 times vencedores dos campeonatos locais na etapa final do mundial.

O Brasil tem direito a duas vagas na competição: 1 para a fase classificatória e 1 para a fase final. A equipe campeã da sétima edição da Liga Brasileira de Free Fire (LBFF) se classifica diretamente para a fase principal, enquanto a vice-campeã disputa a fase preliminar.

No momento decisivo do FFWS, as equipes jogam em seis quedas. Os pontos concedidos com base na classificação da rodada e no número de abates definirão o vencedor.

Em virtude da pandemia do novo coronavírus (COVID-19), a Garena promete que seguirá todas as normas de higiene e segurança disponibilizadas pelas autoridades. A empresa “assegura que todas as atividades do evento estarão alinhadas com os protocolos de segurança predominantes e com as políticas de viagem vigentes”.

RECORDE

O Free Fire World Series 2021, mundial do game também realizado em Singapura, teve pico de mais de 5 milhões de espectadores simultâneos, considerado recorde global da competição de esports mais assistida do mundo.