<
>

MSI: Em último dia de confrontos do grupo B, paiN Gaming se despede do campeonato

A equipe da paiN Gaming deu adeus ao Mid-Season Invitational nesta segunda (10) Colin Young-Wolff/Riot Games

Esta segunda (10) foi dia de guerra para os brasileiros da paiN Gaming, que participaram de uma série de partidas no Mid-Season Invitational 2021 para tentar garantir seu lugar entre as duas equipes que se classificam para a Fase Hexagonal pelo grupo B. No entanto, apesar das tentativas os brasileiros deram adeus à competição.

Antes de sua primeira aparição em Summoner’s Rift, a representante brasileira havia colecionado uma vitória em sua estreia no campeonato contra a Istanbul Wildcats, derrota contra a PSG Talon e chegou para o grande dia com expectativas altas após uma performance que quase garantiu a vitória para os mesmos na partida contra a MAD Lions.

PAIN GAMING 0 x 1 PSG TALON

O primeiro desafio do dia aconteceu contra os representantes da liga do Pacífico, PSG Talon. Com um começo de jogo lento e bem controlado pelas equipes, e um dos melhores early games que a brasileira mostrou durante o campeonato, o destaque ficou para os caçadores Cariok e River que se movimentaram pelo mapa tentando fazer o jogo rodar.

Em meio a abates aqui e ali, a paiN Gaming gradualmente foi acompanhando as vantagens adquiridas pela adversária e chegou a colocar a mesma em cheque com a pressão da alma do oceano. Apesar de habilitar o topo brasileiro Robo através de jogadas na parte superior do mapa a tentar transferir sua vantagem para o resto da equipe, os planos do PSG eram diferentes.

Mesmo com a pressão, a equipe de Maple não se acuou e seguiu ganhando lutas importantes para aumentar sua vantagem na partida, como na luta pelo barão aos 23 minutos de jogo. Logo após essa luta, a equipe adversária dominou o mapa e não deu chances para os brasileiros voltarem no jogo, fechando o mesmo aos 32 minutos.

PAIN GAMING 0 x 1 MAD LIONS

A segunda partida da brasileira foi contra os europeus da MAD Lions. Ainda com o amargo sabor da derrota de sábado (8) em suas bocas, os Tradicionais entraram para jogo querendo tornar realidade aquele resultado positivo que os brasileiros sonharam em ver no último confronto entre as equipes mas que acabou não acontecendo.

Com um forte começo de jogo garantindo vantagem tanto na rota superior quanto inferior, os olhos brasileiros brilharam ao ver uma luz no fim do túnel, mas logo o sonho foi destruído.

Algumas decisões ruins por parte da paiN aliadas a boas lutas por parte dos europeus fizeram com que as chances da equipe em avançar para a próxima fase fossem destruídas ao ver seu nexus caindo.

PAIN GAMING 1 x 0 ISTANBUL WILDCATS

O último jogo da paiN Gaming no campeonato foi o grande clássico entre os representantes das regiões emergentes Brasil e Turquia, que competiram entre si apenas para cumprir tabela. O "showmatch" começou (e permaneceu) frenético com ambas as equipes lutando ao redor do mapa e com os brasileiros despontando tanto em abates quanto em ouro.

Vantagem que rapidamente foi anulada pela adversária através de um HolyPhoenix enorme com sua Kalista e boas ultimates da Orianna de Serin. Após uma eliminação tripla de brTT e depois de garantir o buff do barão aproximadamente aos 20 minutos, a paiN Gaming ganhou as lutas seguintes e aumentou a vantagem de ouro em quase 10 mil.

A equipe brasileira aproveitou a vantagem conquistada para transferi-la ao redor do mapa e, após levar três inibidores, terminaram sua participação no campeonato com vitória em cima dos turcos.

Com a derrota para a MAD Lions em sua segunda partida do dia, a representante brasileira no Mid-Season Invitational se despede do campeonato e volta ao Brasil. O próximo compromisso da equipe é o segundo split de 2021 do Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLoL).